O CONSELHO CÁRMICO


Oito Mestres Ascensos formam o conselho do carma. Estes Mestres são responsáveis por ministrar a  justiça (ordem/ organização divina) em nosso planeta Terra. Eles decidem qual a porção de carma (positivo ou negativo) que cada indivíduo deve receber durante a existência na Terra.

Todas as almas precisam passar perante este conselho cármico antes e depois de cada vida encarnada. Durante todo o período de encarnação, a alma tem ao seu lado, um anjo que a acompanha registrando todas as suas manifestações. Este anjo é conhecido como o "anjo do registro". Todos estes dados são entregues a anjos chamados de "guardiões dos pergaminhos". Estes, atuam junto aos Senhores do Carma, que consultam estes registros, antes de tomar decisões sobre as nossas vidas.

São os Senhores do Carma que decidem quem deve encarnar, quando e onde. Suas decisões são sempre baseadas em três importantes pontos:

1 - A Vontade Divina para nossas vidas, o nosso "Plano Divino".  Eles nos proporcionam uma vida para que possamos ter as oportunidades necessárias para atingirmos a nossa Vitória Divina.

2 - Eles nos proporcionam oportunidades para que possamos reparar nossos erros. O nosso carma negativo que precisa ser consumido/ transmutado, para que possamos evoluir na luz. Eles nos posicionam na vida, (em famílias, trabalhos, cidades, etc.) de forma que possamos resgatar nossos erros de vidas anteriores. Precisamos reencontrar o mal que fizemos ao próximo e à natureza. Esta má qualificação de energia precisará ser redimida por nós, precisamos servir ao próximo e pagar nossos débitos.

3 - Eles nos acompanham durante nossas vidas e podem aumentar as oportunidades ou as barreiras, o que dependerá de nossa evolução. Eles nos avaliam a cada seis meses, porém, somos fortemente avaliados a cada ciclo de doze anos. Aos 12, 24, 36, 48, 60, 72, 84, 96 anos, e ai por diante, se chegarmos a viver além desta idade.

Assim, quando conquistarmos a vitória da manifestação de nosso plano divino e consumirmos  o nosso carma negativo, iremos então ter com a Presença do EU SOU, o Amado Santo Cristo Pessoal, (o nosso Eu Superior) e o conselho do carma, que decretarão  o direito de libertarmo-nos da roda viva das reencarnações.

De acordo com a mensageira da Grande Fraternidade Branca, Elizabeth Clare Prophet, os Senhores do Carma são atualmente representados pelos seguintes Seres Cósmicos:

1º Raio - Grande Diretor Divino;
2º Raio - Deusa da Liberdade;
3º Raio - Mestra Ascensa Nada;
4º Raio - Elohim Cyclopea;
5º Raio - Palas Athena;
6º Raio - Portia, Deusa da Justiça;
7º Raio - Kuan Yin, Deusa da Misericórdia;
8º Raio - Vairoshana, Buda Dhyani .

As Cartas aos Senhores do Carma

Os Senhores do Carma se reúnem, duas vezes por ano, após o solstício de inverno (30 de junho) e o de verão (31 de dezembro), para rever petições da humanidade não ascensa, e assegurar dispensações, baseadas em merecimento individual de cada um.

Esta é uma boa oportunidade para analisarmos nossa vida nos últimos seis meses. É a hora certa de agradecermos aos objetivos conquistados e  pedirmos aos Senhores do Carma, dispensações e orientação divina para a solução de problemas pessoais e planetários.

Você pode preparar um projeto de trabalho e colocá-lo para a apreciação dos Mestres.  Convença-os a investir em seu projeto. Os Mestres sempre apóiam boas idéias que venham a melhorar a qualidade de vida da humanidade. Desde que seu projeto não interfira com o plano divino,  você terá todo o apoio que precisa.   

Se convencer os Senhores do Carma a apoiá-lo, todas as portas se abrirão e seu projeto se tornará realidade mais cedo do que espera.

Peça por abundancia divina para sua família e amigos, proteção para os ensinamentos dos Mestres em suas escolas na Terra, libertação dos portadores da luz que os Mestres desejam trazer para os ensinamentos. 

Esta carta deve de preferência ser escrita à mão. Lembre-se de assiná-la com seu nome completo e por extenso no final.

Estas petições devem ser queimadas em ritual de entrega nos dias 30 de junho e 31 de dezembro de cada ano, quando os Senhores do Carma se reúnem para analisar caso a caso juntamente com seu Santo Cristo Pessoal.

Como fazer o ritual de entrega da carta para os "Senhores do Carma" ?

Você pode endereçar sua carta pessoalmente para a Deusa da Liberdade, porta voz para o Conselho Carmico, para o Amado Conselho Cármico, ou para um dos oito membros do conselho.

Escolha um bom lugar para seu ritual. De preferência diante de um altar montado para os Mestres da Grande Fraternidade Branca, ou, se não for possível, separe-se do tumulto das festas de fim de ano, e vá para um lugar tranqüilo na natureza, montanha, mar, rio, mata ou dentro de casa.

Se for queimar dentro de casa, escolha uma pia onde poderá apagar o fogo rapidamente, caso perca o controle. O ideal é que você tenha uma bacia ou cambuca não inflamável para queimar sua carta.

Invoque o Arcanjo Miguel, ... Em nome do Pai, do Filho, do espírito Santo e da Mãe Divina, Eu (diga seu nome completo e em voz alta) invoco o Amado Arcanjo Miguel para que entregue esta carta para a Amada Deusa da Liberdade, no Conselho Carmico de Deus.

Após esta invocação, leia sua carta em voz alta e conclua colocando fogo nela e dizendo Amém, Amém, Amém.

O fogo é para mandar sua carta para o plano etéreo. O resto das cinzas que sobrarem não tem valor algum, podem ser jogados em qualquer lugar, mesmo em uma lixeira.

 As Cartas também podem ser queimadas em grupo, onde uma pessoa faz a invocação e coloca fogo por todos.

Uma boa seção de decretos antes e depois do ritual, também é muito bom.

Paulo Rodrigues Simões
do site: www.eusouluz.com.br


Copyright © Paulo Rodrigues Simões - 2004 - Todos os Direitos Reservados - Autorizamos a reprodução do conteúdo desta página em outras páginas da web,  para fins de estudo, exclusivamente. Porém, comunicamos que as nossas obras estão protegidas pela lei dos direitos autorais, o que nos reserva o direito de exigir a indicação dos nomes dos autores e a  fonte das obras utilizadas em estudos.

Ao utilizar nossos textos, indique sempre o web site - www.eusouluz.com.br


Voltar