AS 33 ESTRATÉGIAS DA LUZ PARA CANCELAR AS ESTRATÉGIAS DAS TREVAS


A Grande Fraternidade Branca tem uma estratégia para a vitória da luz em nosso planeta, e para que todas as almas de luz Ascendam:

1 - As trevas têm a estratégia de fazer-nos sentir que estamos separados do corpo de Deus. 

Comentário - Estude a vida dos santos, assim vocês aprenderão como eles se uniram a Deus; seus sofrimentos e suas buscas. Verão que, se eles conseguiram, vocês também poderão conseguir.

2 - As trevas têm a estratégia de fazer-nos sentir, separados da hierarquia superior.

Comentário - Ligue-se à hierarquia dos mestres Ascensos; busque a comunhão com os Mestres. Quanto mais se comunicar com eles, no dia a dia, mais eles se comunicarão com você.

3 - As trevas têm a estratégia de fazer-nos sentir, isolados e sozinhos. Pequenos, e sem poder.

Comentário – Lembre-se de que fazemos parte da comunidade do Espírito Santo. Isto significa que SOMOS TODOS, UM! É como aqui no grupo de estudos, (www.mestreelmorya.com.br) vemos que as perguntas de cada semana são parecidas. Isso mostra que o Espírito Santo nos une, e que os mestres ascensos trabalham-nos como um grupo unido; mesmo estando nós, separados fisicamente, temos as mesmas dúvidas, e ao mesmo tempo. Muitos enviam perguntas similares, gerando uma compreensão maior.

Da mesma forma, quando oro pelo Brasil, para que os políticos ruins sejam tirados do poder, e em seu lugar, pessoas honestas assumam o poder, acredito, que muitos outros filhos da luz, unidos pelo único Espírito do Deus vivente, fazem uma oração similar a minha, e assim, o corpo espiritual divino pode atuar em grande escala. Um verdadeiro trabalho de formiguinhas. Acreditem no corpo místico de Deus.

4 - As trevas têm a estratégia de usar a luz, dos portadores de luz, para perpetuarem a falsa hierarquia.

Comentário – é necessário retirar conscientemente a nossa luz de locais que não devem receber. Evitar criar uma falsa hierarquia em nossas mentes. Quando afirmamos que os bandidos estão vencendo, estamos dando poder a eles. É comum vermos os filhos da luz dizerem que o mal não pode ser vencido, e que já dominaram tudo. Isso só aumenta o poder deles. Os jornais ficam mostrando o poder dos bandidos, ficar assistindo isso, sem tomar uma atitude, sem pedir a intercessão de São Miguel, é o mesmo que dar a eles permissão para continuar atuando.

5 - As trevas têm a estratégia de fazer-nos aceitar a condenação "não sou bom o suficiente, eu sou pecador".

Comentário - Afirme que o Deus que está dentro de você, é bom, e é o suficiente. Estude as vidas dos santos (eles também fizeram erros) estude a sua psicologia, Ria para o Mal; Temos o habito de ficarmos bravos com as maldades. A braveza indica que nada podemos fazer. O sorriso nos traz a confiança de nossa capacidade de vencer o mal. Experimente sorrir para o mal, enquanto pensa na ação do Espírito Santo, consumindo as imperfeições. Deus em mim pode atuar purificando o mundo, desde que eu olhe e visualize a perfeição, com alegria!

6 - As trevas têm a estratégia de tentar impedir que os portadores de luz obtenham o conhecimento sobre a ascensão, sobre a luz interior, e de que não são merecedores da ascensão.

Comentário - Comparti-lhe o conhecimento sobre a ascensão. Lembre-se frequentemente de que o objetivo da sua vida é a ascensão. Aplique a lei, pois quando a obedecemos, e mantemos a harmonia, trabalhamos a nosso favor. Faça os comandos de luz. Desenvolva o momentum do Poder da Palavra, e mantenha-o. Fale sempre em prol da vida e da verdade.

7 - As trevas têm a estratégia de ensinar o caminho da condenação. Quando uma pessoa chegar perto de você para falar mal de outra, desconverse, e mude de assunto. Domine a situação, levando a conversa para algo construtivo e positivo.

Comentário - Nunca aceite a condenação. Se alguém te condena, dizendo que você é isso ou aquilo, reconheça e reverta se for necessário, o seu eu humano nunca será bom o suficiente, por isso é necessário substituí-lo com o Eu divino. Ligue-se ao seu Eu real, o seu Santo Cristo pessoal é suficientemente bom e capaz de transformar suas imperfeições, em perfeições; mas a decisão tem de partir de você. Assim como não devemos aceitar as condenações dos outros sobre nós, evite cair na ratoeira de condenar os outros, isso é estratégia das trevas, e prejudica a ambos, o outro e você também.

8 - As trevas têm a estratégia de lisonjear e adular o ego humano, mostrando que só você pode, e que ninguém é tão bom quanto você. 

Comentário - Seja humilde em Cristo, e dê a gloria a Deus. Todo o bem vem de Deus. Ligados a Deus, somos o todo saber, o todo criar, o todo poder; mas desligados d’Ele, nada somos. Assim, tudo de bom que você faz, é Deus quem fez, então, de a glória a Ele, desta forma você ajuda aos que o veem dar graças a Deus, a entender que com Deus eles também podem fazer tudo, assim como você fez.

9 - As trevas têm a estratégia de ensinar que temos de ser perfeitos para sermos aceitos por Deus. Mentira! Estamos na escola da vida e ainda não somos perfeitos, mas a perfeição está ao nosso alcance. Estude a vida dos santos e busque seguir o caminho deles.

Comentário - Não estamos aperfeiçoando o humano! Estamos nos tornando no Cristo, mantenha-se em movimento e não estará no mesmo plano de consciência. É necessário buscar ser hoje melhor que ontem, e amanhã, melhor do que hoje.

10 - As trevas têm a estratégia de ensinar que temos de fazer tudo sozinhos.

Comentário – Reivindique e afirme a sua ligação com a corrente da hierarquia celestial. Evite caminhar solitário. Tenha a humildade de pedir ajuda para Jesus e os Mestres Ascensos.

11 - As trevas têm a estratégia de ensinar as pessoas a centrarem a atenção só sobre si mesmas, e isto, as impede de pensar no próximo.

Comentário – Eu, eu, eu..., anule este eu.... que só se preocupa consigo mesmo! Cuide dos seus irmãos na luz, e verá que Deus passará a enviar Seus filhos para cuidar de você! Se entregue totalmente ao serviço. Este é o caminho do raio rubi. Amar é servir, e Deus é o maior servo de todos. Siga o exemplo d’Ele, e seja sempre o bem feitor de seus irmãos. O lema dos Mestres Ascensos é: “Um por todos, e Todos por UM”. Se você tem dificuldade em ser uma pessoa melhor e mais prestativa, procure ser cortês com as pessoas. Busque sempre ser gentil com todos ao seu redor.

12 - As trevas têm a estratégia de levar-nos para uma espiral descendente. Colocam maus exemplos em nosso caminho.

Comentário - Esteja alerta e mantenha-se numa espiral ascendente. Seja o exemplo para o seu próximo. Busque sempre vencer seus maus hábitos, procurando seguir o exemplo dos Mestres Ascensos, nossos irmãos mais experientes. A sabedoria está em devolver a Deus, o livre arbítrio que Ele nos deu, e buscar seguir a voz divina interior, que nos fala no coração.

13 - As trevas têm a estratégia da mentira do bem e do mal relativo. 

Comentário – Busque tornar-se a manifestação do seu Cristo interior, “o bem absoluto”, e saiba que nada poderá detê-lo. Confie em Deus e ligue-se a realidade absoluta de Deus.

14 - As trevas têm a estratégia de ensinar a simpatia humana. Na compaixão, ajudamos o próximo, mas não nos deixamos arrastar para o mesmo buraco onde nosso irmão caiu. Na simpatia humana, morremos no mesmo buraco onde o nosso próximo caiu.

Comentário – Medite sobre a diferença entre a simpatia humana e compaixão. Incorpore esta ideia!

15 - As trevas têm a estratégia de dividir e conquistar.

Comentário - Compreenda a unidade do UM. Mantenha o conceito imaculado onde “todos trabalham em união”, um servindo ao outro. Sozinhos, nada somos, nada produzimos. Deus adora servir a seus filhos, através de seus irmãos! Ponha-se a disposição de Deus, para servir em Seu nome!

16 - As trevas têm a estratégia de ensinar a imitar. Ensinam a fazer tudo igual e sem criatividade.

Comentário – Discernimento! Nem todo caminho é bom para todas as pessoas. O discernimento só existe quando ouvimos a intuição de nosso santo coração. A moda é um instrumento das trevas!

17 - As trevas têm a tática de estrategicamente levar-nos a uma direção errada. Fazendo-nos acreditar que não existe solução para este ou aquele problema.

Comentário - Veja as coisas numa perspectiva mais alargada. As oportunidades são divinas e a expectativa precisa ser sempre positiva. Para Deus tudo é possível, e, desde que você esteja positivo e, esperançoso da solução, Deus enviará uma nova porta, um novo caminho. Quem se limita, limitado é! Acredite que a necessidade traz a oportunidade. A palavra “oportunidade” em inglês significa “opportunity” = “open port to unity”. Ou seja, “a porta aberta para a unidade com Deus”.

18 - As trevas têm a estratégia de tentar desgastar-nos através de pequenos conflitos. Vença os conflitos invocando o poder do Espírito Santo, sobre todas as coisas. Vocês vão se surpreender com os resultados de suas invocações.

Comentário - Mantenha-se firme nos seus objetivos e concentre-se no amado poderoso Victória. O Poderoso Vitória é um maravilhoso ser de luz, que atua no topo da hierarquia da Realidade divina. Nas nove horas do ciclo do relógio cósmico. Não por acaso, esta é a porta de entrada da casa do Espírito Santo.

19 - As trevas têm a estratégia de: "se me faz sentir bem, é porque é bom”. Não é bem assim, há muitas coisas que dão um falso e passageiro bem estar, mas que custam muito caro no final. As leis de Deus formam linhas que não podemos cruzar. Quando erramos, nos comprometemos com o mal, e isso é ruim, isso é cruzar a linha.

Comentário - O povo norte americano costuma dizer que quando uma pessoa erra feio, que ela ultrapassou a linha, eles dizem: “He cross that line”... Saiba qual é a lei de Deus, e siga-a. A lei de Deus foi entregue a Moisés no monte Sinai.

São os 10 Mandamentos de Deus:

1 - Amar a Deus acima de todas as coisas.

Comentário - Amar a Deus, é pensar n’Ele e falar com Ele o tempo todo. Dedicar-se a uma comunhão constante com Deus. Pedir a ação d’Ele em todos os lugares. Afirmar sua Presença em tudo!

2 - Amar ao próximo como a si mesmo.

Comentário - Neste mandamento, está incluso o ensinamento daquela frase tão conhecida, mas que poucos sabem sua verdadeira origem: “Um Por Todos e Todos Por Um” ou ainda, “Não faça ao próximo o que não gostaria que fizessem a você” e melhor ainda, “Faça ao próximo, todas as gentilezas que gostaria que lhe fizessem”.

3 - Não invocar o Santo nome de Deus em vão.

Comentário - EU SOU O QUE EU SOU, este é o nome de Deus. Ao afirmarmos “eu sou”..., “ele é”..., “nós somos”..., “eles são”..., precisamos complementar com palavras que afirmem o bem, o bom, o belo e a perfeição, junto a estas palavras. Isto manifesta a perfeição!

4 - Descansar no sétimo dia.

Comentário - Para algumas religiões o sétimo dia é o sábado. Para os mestres ascensos, é o domingo. Aqui está um segredo maravilhoso. No sétimo dia, nada na Terra importa, apenas Deus. Domingo, “Sun Day”, Dia do Sol, o dia do Pai. Um dia em que se deixarmos todas as nossas rotinas de lado, e o dedicarmos apenas para adorar a Deus, em família, então estaremos a caminho da luz, libertos de maus momentuns adquiridos durante toda a semana. Este é o momento para nos reciclar!

5 - Honra teu Pai e tua Mãe.

Comentário - Isto inclui respeitar as hierarquias superiores. Quando uma criança nasce, seus pais são os seus representantes divinos, até que a criança faça seu décimo-segundo aniversário. Se ela não aprender a respeitar seus pais terrenos, não respeitará Deus Pai-Mãe, e não respeitará as hierarquias as quais deve se submeter, para que tenha um crescimento espiritual adequado em sua vida.

6 - Não matar.

Comentário – Não matar, nem causar ao outro, dano; no corpo ou na alma; a si mesmo ou ao próximo. Todo aquele que tira a vida de seu irmão, propositadamente, terá de nascer novamente, em outra encarnação; perdendo o direito a ascensão, nesta vida. O suicídio é igualmente um crime contra esta lei. O uso de bebidas alcoólicas, nicotina, drogas e qualquer alimento ou bebida que sejam nocivos à saúde, e ainda, ouvir musicas de baixa vibração como o rock e outros anti ritmos, estão relacionados a este mandamento, pois corrompem a luz, a vida.

7 - Não cometer adultério ou pecar contra a castidade.

Comentário – Em palavras ou em obras. O sexo fora do casamento, que é a consagração da união junto a Deus, está incluído neste mandamento. O chakra da base é muito importante para a evolução espiritual. Fazer sexo indiscriminadamente impede a ascensão. A palavra castidade, mostra que devemos buscar sempre o caminho da pureza.

8 - Não furtar.

Comentário - Não furtar, nem injustamente reter ou danificar os bens do próximo. Desrespeitar ao próximo e/ou aos seus bens é algo que também prende uma alma a reencarnar na Terra, indefinidamente.

9 - Não levantar falsos testemunhos.

Comentário - Nem de qualquer outro modo faltar à verdade ou difamar o próximo. O mesmo que o item passado.

10 - Não cobiçar as coisas alheias, nem desejar o cônjuge do próximo.

Comentário - Este item também envolve o respeito ao próximo e impede a ascensão.

20 - As trevas têm a estratégia de nos por para baixo, querem nos fazer sentir que somos pequenos e que não devemos fazer trabalhos importantes.

Comentário - Seja humilde perante Deus e positivo para o mundo. Sinta-se capaz e desenvolva o trabalho que você precisa desenvolver. Tudo que um homem pode fazer o outro também pode! Acredite no potencial divino que existe dentro de você! Nada é páreo para Deus que está em mim!

21 - As trevas têm a estratégia de misturar a verdade com o erro, e o bom com o mau.

Comentário – Nunca se deixe levar pela maldade ou bondade humana. Um bom exemplo que sempre costumo dar para isso é o seguinte: Você ganha uma grande quantia em dinheiro e fica muito rico. Se você reunir sua família e dividir todo seu dinheiro com eles, você pode estar agindo na bondade humana. O dinheiro que Deus permitiu chegar até você, pode não ser para dividir com a sua família, ou para dar aos pobres. Busque sempre a vontade divina e entenda que a missão de Deus, está acima da bondade com o seu próximo. A falsa hierarquia pode enviar um anjo caído para você ajudar, e ele, pode acabar tirando-o do caminho. 

22 - As trevas têm a estratégia de iludir e esconder a verdade.

Comentário - Apele ao mestre k-17 e ao Elohim Cyclopea (o olho de Deus que tudo vê), para expor o que está escondido. "saiba o que você tem de fazer, para cumprir o seu trabalho”. Peça para que a visão divina lhe ilumine mostrando o caminho certo e a verdade sobre todas as coisas. Peça por sabedoria divina!

23 - As trevas têm a estratégia de criar problemas e depois nos trazer um salvador humano para a solução do problema e assim obter o controle. Por isso precisamos ter discernimento para recusar propostas humanas que não tenham origem no divino.

Comentário - Confie sempre em Deus e evite procurar salvadores humanos. Quando procuramos a salvação em Deus, Ele muitas vezes nos responde com a ajuda de nossos irmãos, mas a nossa busca precisa ser direcionada a Deus, aos mestres e seus anjos, pois são eles que contatam as pessoas, por nós. Ore por discernimento. Quando alguém vier com a resposta aos seus problemas, tome seu tempo, e ore para Deus: Pai, este foi enviando por Ti? Mostre-me a verdade!

24 - As trevas têm a estratégia de nos tentar e pouco a pouco as pessoas vão sendo chantageadas e presas nas teias dos malignos.

Comentário - Mantenha-se firme e não comprometa a lei. Isso é muito comentado pelos mestres, eles dizem: “do not compromise”. Muitas vezes o chela tem valor, mas ele está comprometido com o mal, e sua liberdade é limitada pelos seus próprios erros. Como os mestres podem contar com uma pessoa que se envolveu com a falsa hierarquia? Esse envolvimento com os mestres também será limitado...

25 - As trevas têm a estratégia de nos manipular para que percamos a harmonia e façamos karma. E mais, ao perdermos harmonia, estamos alimentando o eu inferior do outro e o nosso próprio, também.

Comentário – Perdoe, e se for preciso, dê a outra face; assim como Jesus nos ensinou. Deixe barato..., e evite se ofender. É o ego humano quem se ofende.

26 - As trevas têm a estratégia de levar os portadores de luz a fazer karma negativo, uns com os outros. Assim o eu inferior de todos cresce e domina, aumentando o véu maia, que impede a visão da luz.

Comentário – Evite cair nas armadilhas da falsa hierarquia, ore para que Deus lhe de sabedoria. Siga os passos 15 e 25.

27 - As trevas têm como estratégia a projeção mental de que somos indispensáveis.

Comentário - Ninguém e indispensável. Isso é alimento para o ego humano.

28 - As trevas têm a estratégia de incentivar-nos a fugir ao pagamento do nosso karma.

Comentário – Não há fuga do carma, nem pelo suicídio. Não adianta mudar de nome, nem de cidade. Enfrente seus erros. Fugir do karma é como inventar outra mentira para encobrir a anterior..., simplesmente não funciona, e ainda, aumenta mais.

29 - As trevas têm a estratégia de adiar. De causar a indecisão.

Comentário – Nunca adie para amanha o que pode fazer hoje, mova-se com os ciclos. Tudo tem a hora certa. O estudo dos Ciclos do Relógio Cósmico, podem ajudar você a saber a hora de agir! Estude!

30 - As trevas têm a estratégia de tentar perturbar as nossas mentes.

Comentário - Sele a sua mente e a sua aura. Medite! Ore! Decrete! Entoe Mantras! Dedicar-se em rituais, protege a sua mente.

31 - As trevas têm a estratégia de tentar levar ao desencorajamento, a depressão e ao desespero.

Comentário - Tenha uma consciência de vitória. Fale sempre no positivo, nunca no negativo. Afirme o que quer, jamais o que não quer. Ex: vemos todos os dias nas propagandas de algum evento, eles dizem: “Não deixem de comparecer ao evento!”. Quando deveriam dizer apenas “Compareçam ao evento!”

32 - As trevas têm a estratégia de pressionar a "simplesmente desistir".

Comentário - Jamais desista de seus sonhos, mas lembre-se de que eles devem estar pautados no AMOR. AMAR é SERVIR ao próximo! Acredite que você pode fazer a diferença neste mundo, e ajudar a hierarquia superior a realizar a Vontade Divina. A Vontade de Deus é sempre pró vida! Pró saúde! Deus deseja que todos se espiritualizem, se elevem, se libertem!

33 - As trevas têm a estratégia de tentar antecipar-se aos movimentos da Grande Fraternidade Branca.

Comentário - Antecipe-se aos movimentos das forças das trevas e esteja preparado para a iniciação. Afirme a Presença de Deus em todos os lugares onde for. Deus está em minha casa, a minha casa está em Deus! Deus está em meu trabalho, o meu trabalho está em Deus! Deus está em mim, e eu estou n’Ele!.... Tenha sempre um momento de meditação, para que os mestres possam lhe dizer o que fazer.

Ensinamento dado pela mensageira Elizabeth Clare Prophet em uma palestra.
Comentários de Paulo R Simões – do site www.eusouluz.com.br


Voltar