SAINT GERMAIN
MESTRE ASCENSO - CHOHAN DO SÉTIMO RAIO


Podemos chamá-lo de Deus da Liberdade, Saint Germain, Santo Irmão, São José.

Saint Germain foi o Pai físico de Jesus, "O representante do Filho de Deus" e também é Pai de todos os filhos e filhas de Deus que trilham o caminho do Cristo na Terra.

O anseio de sua alma tem sido libertar a humanidade da opressão, da injustiça, da ignorância, da dor, da maldade, do ego e de tudo que aprisiona a alma.

Este sempre foi o marco de sua luta e serviço em todas as suas encarnações, atuando nas mais diferentes áreas, sempre elevando a bandeira da Liberdade.

Ao longo de suas muitas vidas na Terra, Saint Germain elevou sua consciência, aprimorando e devolvendo as qualidades do sétimo raio de energia cósmica, que são: liberdade, justiça, alquimia, transmutação, profecia, rejuvenescimento, oportunidade e perdão.

A Chama Violeta é um aspecto do sétimo raio do Espírito Santo. O Fogo Sagrado que transmuta a causa, o efeito, o registro e a memória do nosso passado e o carma negativo.

Esta é a Chama da Transmutação, da Liberdade e do Perdão Divino.

Montanha Shasta

A Chama Violeta é uma grande dádiva de Deus. Foi liberada em 1930, quando Saint Germain apareceu aos pés do monte Shasta na Califórnia à Guy Ballard, mensageiro de Deus no Movimento I AM, para libertar a humanidade.

Saint Germain deu-lhe a dispensação da Chama Violeta para o planeta Terra. O monte Shasta, na Califórnia, é o principal foco de irradiação da Chama Violeta do Mestre Saint Germain para o planeta Terra.

Sempre, em todas as encarnações, trabalhando para libertar seus irmãos, Saint Germain foi acumulando em sua própria consciência e alma, uma tal quantidade de energia de liberdade, que hoje ele é uma fonte inesgotável de Chama Violeta, a chama da justiça e da liberdade, à disposição de todos os filhos de Deus.


Portia - Deusa da Justiça
Chama Gêmea de Saint Germain

 

Entretanto, para tornar-se merecedor de receber esta dádiva da Chama Violeta, e até mesmo tornar-se um pilar desta chama do 7º raio para a Terra, é preciso fazer bom uso da energia, alinhando-se à vontade divina.

O lema e o leme de Saint Germain é a Liberdade; Qual é o seu lema? Procure estar bem consciente da sua maior qualidade e tente aprimora-la a cada dia. Pare agora de ler por uns 5 à 10 min. e medite sobre isso.

Qual é a minha melhor virtude ?  é o amor, a disciplina, a alegria, o auto-controle, a harmonia, a determinação, a gratidão, ou outra . . . 

De que forma tenho aplicado este talento para aliviar o peso daqueles que me cercam?

Vamos analisar agora, algumas das encarnações do amado Mestre Ascenso Saint Germain e observar de que forma ele trabalhou para expandir seu maior talento.

Ele foi Imperador de uma Era de Ouro, que existiu há mais de 50.000 anos aqui na Terra. Governava seu povo com justiça, sabedoria e amor. Seus súditos estavam plenamente conscientes de serem uma extensão do Deus Altíssimo e da Presença individualizada "EU SOU O QUE EU SOU" habitando em seus próprios corações.

A temperatura era amena o ano todo e reinava paz, a alegria e a prosperidade entre o seu povo. Eles trabalhavam para realizar sua missão, estudavam e aplicavam as leis de Deus.

No livro “Mistérios desvelados” de Guy W. Ballard, pode-se ler em detalhes sobre esta Era de Ouro e como ela chegou ao fim, quando o povo começou a afastar-se da Presença divina do EU SOU.

É consolador saber que existe uma matriz de Era de Ouro na Terra e mais ainda, que está decretada por Deus, uma nova Era de Ouro, governada por Saint Germain, que será manifestada em breve, nesta Nova Era de Aquários.

Quando isso ocorrerá depende dos filhos de Deus na Terra e quanto mais a Chama Violeta for invocada, mais rápido o planeta será purificado.

Afirme em voz alta e bom tom:

"EU SOU O FOGO VIOLETA COM A CHAMA DO 7º RAIO,
EU SOU A ELEVAÇÃO NA LIBERTAÇÃO DA MINHA ALMA"

Há mais de 13.000 anos Saint Germain foi Alto Sacerdote do Templo da Chama Violeta no continente perdido de Atlântida.

Com o Poder da Palavra e invocações diárias ele sustentava uma fonte de Chama Violeta (energia de Liberdade) que atraía pessoas de lugares longínquos; desta forma as pessoas eram libertadas da servidão humana, e de todos os males.

Todos aqueles que fazem invocações diárias à Chama Violeta, tornam-se pequenas fontes de libertação para seus irmãos. Você pode testar isso. Experimente colocar o nome de seus irmãos no mantra da chama violeta:

(nome) . . . É O FOGO VIOLETA COM A CHAMA DO 7º RAIO,
(nome) . . . É A ELEVAÇÃO NA LIBERTAÇÃO DE SUA ALMA

Faça 20 min. de Chama Violeta diariamente e observe, após trinta dias, coisas mais ou menos assim, alguém diz: Nossa, eu estava com tanta dor de cabeça e agora passou.

Você visita um amigo e ele recebe notícia de algo bom que aguardava há tempo.

Em outras palavras você repara que a Chama Violeta acumulada em sua aura abençoa as pessoas ao seu lado, mesmo sem fazer a invocação diretamente por elas, imagine fazendo. . .

Saint Germain encarnou em 1.050 a.C. como Samuel, profeta e mensageiro de Deus. Ele veio exortar os israelitas a se voltarem totalmente para Deus a fim de serem libertados do domínio dos filisteus.

Profeta Samuel

Quando o rei Saul desobedeceu a Deus, Samuel libertou os israelitas de sua tirania ungindo David como rei de Israel.

O profeta Samuel, pôde ajudar toda uma nação, porquê há muito tempo ele acumulava a chama da liberdade em sua consciência, conquistada por meio de invocações e serviço à chama, em muitas encarnações.

Se você fizer um trabalho constante de invocações diárias, poderá ajudar sua família, muito mais do que poderia imaginar.


São José - Pai do menino Jesus

Há dois mil anos Saint Germain encarnou como o pai de Jesus. Protegeu, orientou, guiou o menino Jesus para que ele se tornasse a manifestação firme do Cristo encarnado.

Hoje Saint Germain vem como avatar da Era de Aquários e está orientando, protegendo e guiando os filhos de Deus para que cada um atinja também sua consciência crística, assim como Jesus fez.

Esta é a libertação da alma humana: voltar à casa do Pai, unir-se a Deus, conquistar a imortalidade.

Saint Germain encarnou no século III como Santo Albano, mártir da Igreja Católica.

Albano era um soldado romano que foi convertido por um sacerdote fugitivo à quem ele escondeu. Isto lhe custou a vida; foi condenado à execução.

Saint Germain, como Santo Albano, salvou a vida de um sacerdote. Nós podemos salvar a vida de muita gente fazendo invocações a São Miguel, o grande e poderoso protetor.

Em 410 a.C. Saint Germain encarnou como Produs, filósofo grego que ensinou a senda do individualismo. Isto era uma preparação para a humanidade entender a individualização da Chama de Deus.

 

No século V ele veio como Merlin, o grande alquimista, o velho mago que conhecia os segredos da juventude eterna.

Ele libertava o povo da ignorância e superstição. Ao lado do rei Artur ele aconselhava e orientava a unificação de Inglaterra sofrida e abalada por tantos invasores.


Mago Merlin

MEDITE SOBRE ISTO:

 “Eu nada sou, mas Deus em mim é" -
"Eu nada posso fazer, mas Deus, a Presença EU SOU em meu coração, tudo pode ”.

Roger Bacon
Estátua no Museu da Universidade de Oxford

No século XIII Saint Germain encarnou novamente na Inglaterra como o filósofo, monge, profeta, cientista e alquimista Roger Bacon. Ele estabeleceu o método experimental que veio trazer grande desenvolvimento na ciência. Provocava e incitava os cientistas de sua época a se tornarem mais abertos.

Nesta vida ele veio trazer luz na área científica. Lançou bases para desenvolvimento posterior. Iniciou projetos aos quais viria a dar continuidade quando encarnou mais tarde como Francis Bacon, no mesmo país.


Cristóvão Colombo

Em 1451, voltou ao mundo encarnando como Cristóvão Colombo.

Colombo considerava-se instrumento de Deus para concretizar-se a profecia de Isaías feita em 732 a.C. . . . para reunir o povo de Israel dos quatro cantos do mundo.

Colombo descobriu o novo mundo e hoje o povo de Deus está se reunindo nas Américas. Povo de Is-rael (que quer dizer - "é real")  hoje espalhado em todas as raças.

A raça EU SOU está sendo agora regida por Saint Germain, o "Regente da Era de Aquários" com uma grande missão nas Américas. Aqueles que desejam maior compreensão neste assunto devem ler os três maravilhosos livros de Saint Germain, ditados a Guy Ballard: Mistérios Desvelados, a Presença Mágica EU SOU e o Livro de Ouro de Saint Germain.

A América é a casa da raça do "EU SOU", a raça I AM, ou I AM RACE.
O nome de Deus. "I AM THAT I AM", ou, em português, "EU SOU O QUE EU SOU".
Se trocarmos as letras da palavra AMÉRICA de posição, temos a palavra I AM RACE, que em inglês, quer dizer, RAÇA DO EU SOU

Nesses livros Saint Germain transmite ensinamentos sobre a Chama Violeta e a Presença de Deus Individualizada; o estudante passa a ter maior entendimento da missão de Saint Germain nas Américas. Colombo descobriu a América guiado por intuição divina e não pelo conhecimento de astronomia ou navegação. Ele escreveu aos Reis da Espanha: “. . . não foram cálculos matemáticos nem mapas que me serviram. Totalmente completadas foram as palavras de Isaías 11. 10,12.


Francis Bacon

Saint Germain renasceu na Inglaterra em 1561, como Francis Bacon. Considerado a mente mais brilhante do último milênio, juntamente com outro grande gênio, o conde de Saint Germain (que na verdade são a mesma alma surgindo na Terra em épocas diferentes).

Nessa vida ele conseguiu concluir trabalhos que iniciara quando viveu a encarnação de Roger Bacon.

Francis Bacon foi um filósofo, pensador, cientista que mais contribuiu para o progresso tecnológico do mundo atual e beneficiou todas as áreas culturais. Na literatura ele é reconhecido pelos místicos como Shakespeare. Francis convivia com os grandes escritores ingleses de sua época.

Fundou e participou de várias sociedades secretas, inclusive a maçonaria, Rosa Cruz e outras.

Ele deu continuidade a seu trabalho como Colombo, promovendo colonização e incentivando o rei James I a interessar-se pelo Novo Mundo.

Francis era filho de Elizabeth I e Lord Leicaster. Este foi um casamento secreto e ela era conhecida por seus súditos como “a Rainha Virgem”. Temendo perder este título e perder o trono mais tarde para seu filho, ela sempre o renegou. Ela jamais deu a ele uma chance, nem ao menos um cargo público, onde Francis, com sua tremenda capacidade e preparo, pudesse realizar suas metas para a Inglaterra.

Ele foi criado por sir Nicholas e lady Anne Bacon. Na sua adolescência, soube pela própria mãe da sua verdadeira origem, porém tudo continuou na mesma.

Com o poder de Rei da Inglaterra que ele deveria ter, se fosse reconhecido como filho da rainha, Francis Bacon tinha a missão de elevar esta Nação aos píncaros da glória, governando com justiça e sabedoria.

Ele que já havia sido Imperador de uma Era de Ouro, teria dado tremendo impulso na arte, ciência, literatura, muito mais do que fez.

Teria concluído com chave de ouro o que iniciara em vidas passadas como Colombo e Roger Bacon.

A alma persistente e determinada de Francis não se curvou diante de tanta oposição. Ele fez o que podia. Conseguiu influir na formação do Novo Mundo por meio de sociedades secretas.

Conseguiu ser um marco no progresso tecnológico. Como Rei, ele poderia ter iluminado o mundo!

Ele morreu em 1626 e sua ascensão foi em 1 de maio de 1684.


Conde de Saint Germain

Saint Germain conseguiu uma dispensação com os Senhores do Carma para voltar à Terra fisicamente depois de sua Ascensão.

Assim, no século XVIII e XIX ele surgiu nas cortes européias como o Conde de Saint Germain.

Sua missão era livrar a França de uma terrível revolução e transformar a monarquia em um estado republicano.

Quando falha a missão de um mestre é porquê seus discípulos não o ouviram, não colaboraram, como deviam. Embora muito influente entre a realeza, seus conselhos foram ignorados e a temida revolução aconteceu. Em uma ultima tentativa de unir a Europa, Saint Germain investiu em Napoleão Bonaparte, que abusou do poder do Mestre, deixando escapar uma oportunidade maravilhosa de expansão da luz da liberdade para o mundo.

SAINT GERMAIN - O CONDE IMORTAL

Alguns Registros do seu nascimento são do ano de 1600. Com certeza ele apareceu em muitas épocas e diferentes lugares durante a história.

Na verdade, ninguém sabe onde ele apareceu pela primeira vez, mesmo que a maioria das histórias datem de 1690.

A primeira aparição conhecida e proeminente do conde de Saint Germain à sociedade Européia aconteceu em 1742. Apareceu como quem tinha passado os últimos cinco anos junto à corte da soberania Persa, onde dizia ter aprendido o oficio de joalheiro. Distraia a realeza européia e os ricos com seu vasto conhecimento de ciências e história, habilidade musical, muito charme e grande perspicácia.

Ele era capaz de corrigir defeitos em diamantes, desaparecer no ar, escrever a mesma poesia simultaneamente com as duas mãos, falava muitas línguas fluentemente, entendia sobre qualquer assunto, e narrava acontecimentos históricos como se tivesse sido uma testemunha ocular.

Conta-se que em 1760, um acontecimento deu a origem da noção de que Saint Germain poderia ser imortal. Naquele ano em Paris, A Condessa Von Georgy, ouviu sobre a chegada de um certo conde de Saint Germain para uma recepção na cidade, na casa de Madame Pompadour, concubina do rei Louis XV da França.

A então idosa Condessa ficou curiosa pois conheceu um conde de Saint Germain quando estava em Veneza em 1710. Ao encontrar-lhe novamente, ela ficou atônita em ver que ele não pareceu ter envelhecido um ano sequer. Assim perguntou-lhe se era seu pai quem então conheceu. “Não Madame”, respondeu-lhe Saint Germain, “Eu pessoalmente, vivia em Veneza no fim do ultimo e no começo deste século; Eu tive a honra de cortejá-la então”.  “perdoe-me, mas isto é impossível !”,  disse a condessa, “o conde de Saint Germain que eu conheci naqueles dias tinha pelo menos 45 anos de idade, e você, externamente, tem a mesma idade no presente”. “Madame, eu sou muito velho”, disse ele com um conhecido sorriso. “Mas então você deve ter 100 anos de idade”, disse a pasma condessa.  “Isto não é impossível”, assim o conde provou a ela em detalhes, que era realmente o mesmo homem que conhecera a mais de 50 anos, contando os acontecimentos detalhados dos encontros que tiveram e da vida cotidiana da Veneza de 50 anos antes.

Saint Germain viajou extensamente através da Europa por pelo menos mais 40 anos, e em todos aqueles anos nunca parecia ter envelhecido.

Ele tocava violino como ninguém e era um pintor talentoso. Ele sempre parecia ter grande fortuna, mas ninguém sabia de nenhum banco que tivesse qualquer conta sua. Se sua fortuna baseava-se em sua habilidade de transformar metais em ouro, ele nunca o fez em frente a observadores.

Ele participava de muitos jantares com amigos, por que gostava da companhia deles, porém, raramente era visto comendo algum alimento em público. Conta-se que ele sobrevivia de uma dieta de aveia e vegetais.

Ele prescrevia receitas para remover rugas faciais e para tingir o cabelo. Amava pedras preciosas e muitas de suas roupas, incluindo seus sapatos, eram enfeitados com elas. Saint Germain desenvolveu uma técnica para pintar as gemas, e dizia ser capaz de fundir vários pequenos diamantes em um grande. Falava também ser capaz de fazer com que perolas crescessem a tamanhos incríveis.

Ele sempre foi ligado a sociedades secretas incluindo os Rosacruzes, Mansões Livres, Sociedade dos Irmãos Asiáticos, Os Cavaleiros da Luz, A Iluminação e a Ordem dos Templários, entre outras.

Voltaire, renomado filósofo do século XVIII, homem da ciência e da razão, disse de Saint Germain, “Um homem que nunca morre e que sabe todas as coisas”.

Agora, como Mestre da Era de Aquários, Saint Germain traz a maior dádiva que Deus já deu à seus filhos, a Chama Violeta, que é a própria Chama da Liberdade.

É preciso haver cálices, instrumentos na Terra receptivos para que este precioso líquido seja derramado. Pessoas persistentes e constantes que invoquem os mantras da Chama Violeta diariamente.

As pessoas devem compreender que a energia espírito não pode atuar sem o cálice da matéria.

Cada um pode fazer a diferença para um mundo melhor.

Hoje, Saint Germain atua no plano etéreo da Terra, servindo na Grande Fraternidade Branca como o Chohan do sétimo raio. Um Chohan de um raio, é aquele que focaliza a consciência Cristica daquele raio para a humanidade ainda não ascensa. Para ocupar a importante função de Chohan de um dos raios de Deus para a humanidade, é necessário cumprir com louvor as leis daquele raio durante numerosas encarnações, e ter passado por testes e iniciações antes e até mesmo depois da Ascensão.

 Faça você também a diferença para um mundo melhor, invoque a Chama Violeta de Saint Germain, para toda a humanidade e ajude nosso "Santo Irmão", a expandir a energia Violeta da Justiça e da Liberdade.

"EU SOU O FOGO VIOLETA COM A CHAMA DO 7º RAIO,
EU SOU A ELEVAÇÃO NA LIBERTAÇÃO DA MINHA ALMA"


Copyright © Paulo Rodrigues Simões - 2004 - Todos os Direitos Reservados - Autorizamos a reprodução do conteúdo desta página em outras páginas da web,  para fins de estudo, exclusivamente. Porém, comunicamos que as nossas obras estão protegidas pela lei dos direitos autorais, o que nos reserva o direito de exigir a indicação dos nomes dos autores e a  fonte das obras utilizadas em estudos.

Ao utilizar nossos textos, indique sempre o web site - www.eusouluz.com.br


Voltar