A MISSÃO DOS ANJOS


Ensinamentos católicos em perfeita harmonia e concordância com os ensinamentos dos Mestres Ascensos da Grande Fraternidade Branca:

1. Os anjos são servidores e mensageiros de Deus, são seres espirituais, que adoram e amam a Deus e cumprem as suas ordens. São as mais perfeitas criaturas espirituais.

2. Os Anjos da Guarda nos protegem contra os perigos do corpo e da alma; rogam por nós e nos exortam para o bem. “Cada fiel é ladeado por um anjo como protetor e pastor para conduzi-lo à vida ” (São Basílio). No livro do Êxodo, a palavra de Deus diz: ”Vou enviar um anjo adiante de ti para te conduzir ao lugar que te preparei” (Ex 23,20).

3. Na Sagrada Escritura os anjos estão presentes desde a criação até o Apocalipse. No Antigo Testamento algumas vezes se confundem com o próprio Deus, manifestando-se como mensageiros. No livro de Tobias, o Arcanjo Rafael fala: “Eu sou o Anjo Rafael, um dos sete que assistimos na presença do Senhor” (Tb 12,15).

4. A missão dos anjos junto de Deus é render-lhe louvor e gloria contemplando sua face, como o manifesta as passagens do livro Isaías e o Evangelho de Mateus: “Os Serafins se mantinham junto de Deus. Suas vozes se revezavam e diziam: ‘Santo, santo, santo é o Senhor Deus do universo! A Terra inteira proclama a sua glória’ (Cf.: Is 6,2-3); “Guardai-vos de menosprezar um só destes pequenos, porque eu vos digo que seus anjos no céu contemplam sem cessar a face de meu Pai que está nos céus’” (Mt 18,10).

5. Santo Agostinho fala dos anjos: “Deus amou tanto o mundo que lhe deu seu Filho unigênito (Jô 3,16); por que não mandaria dos céus seus anjos a serviço de seus filhos? Com grande zelo os anjos ficam ao nosso lado em todas as horas e em todos os lugares. Eles movem-se apressadamente entre Deus e os homens exercitando sua grande missão”.

6. São Jerônimo diz: “Desde o nascimento temos um Anjo da Guarda ao nosso lado para nos proteger. Ele anda conosco durante toda nossa vida, até na hora de nossa morte; fica ao nosso lado também na hora do julgamento. No céu vamos ter a grande felicidade de poder ver toda beleza e grandeza desse príncipe celeste, que foi nosso guia e amigo durante a nosso vida terrestre”.

7. O Papa Paulo VI fala a respeito dos anjos: “O ressurgimento de uma fé profunda no extraordinário poder dos anjos é sinal especial da providência divina para nossa época”.
Nas batalhas da vida, contar com a força dos anjos, nossos amigos, é fator fundamental para obtermos vitória contra o poder do mal.

DO LIVRETO CATÓLICO "DEVOCIONÁRIO DE SÃO MIGUEL ARCANJO", EDITORA AVE-MARIA


Voltar