O QUE OS MESTRES ASCENSOS DIZEM SOBRE...

A INDECISÃO


Pérola de Sabedoria Vol. 30 No. 29 - Saint Germain - 1987

Se as decisões forem pensadas e realizadas como uma teologia pessoal de vida, se você conseguir chegar a uma direção definida, o Senhor vai realmente enviar seus anjos para ajudá-lo.

Mas se você vacilar e abraçar uma causa em um dia e outra causa em outro dia, colocando algo (seus planos de vida) sobre o altar e tirando no dia seguinte, então trazendo novamente no terceiro dia, abençoados, os próprios anjos mudam de um pé para o outro, esperando e quase torcendo suas mãos, admirados "Conseguirá esta alma realmente chegar a um ponto de quietude e decisão, para que possamos implementar uma vontade que é geométrica e som no coração da Palavra?

(o “Coração da Palavra” refere-se ao chakra da garganta, que é o chakra da realização física)

Indecisão, então, impede o santo propósito de ser atingido e os santos anjos de auxiliá-lo na esforço correto. Pense em sua causa e como você vai utilizar o seu fluxo restante de vida. Pois as coisas têm uma forma de chegar à conclusão nesta oitava, amados.

(tudo nesta vida acontece porque os arcanjos e seus anjos nos auxiliam. Se eles não entendem aquilo que queremos, eles nada podem fazer para nos ajudar a concluir nossos plano...)

Assim, meça os ciclos e diga: "Eu vou viver para realizar tal coisa, algo para o meu Deus e para meus amigos (irmãos na luz). E eu vou fazer com que esse esforço resista, para que a minha causa deixe uma medida de verdade que será reconhecida."

Saint Germain


 

Pérola de Sabedoria Vol. 12 No. 12 - El Morya - 1969

Pequenas chaves destravam os maiores portas, e o homem deve estar pronto para caminhar através e, evitar ficar hesitante sob o umbral.

Você nunca saberá como a indecisão ou a vacilação podem alterar a sua mente a ficar surda à voz de Deus. É por isso que uma vez foi sabiamente dito: "Aquele que hesita está perdido.”

Esteja preparado mentalmente, espiritualmente e emocionalmente por um ato de simples devoção ou, um sentimento de temor para aceitar a vontade de Deus, assim como um gladiador, isso seria uma coroa de louros...

Indecisão, auto piedade e auto justificação são as perversões das iniciações solares da hierarquia de Câncer e da consciência da Harmonia Divina (na linha das seis horas do relógio cósmico) sob Serapis Bey e os grande serafins e querubins.

El Morya


 

Pérola de Sabedoria Vol. 32 No. 65 - Jesus Cristo - 1989

Amados corações, quando vocês tomam a decisão de abandonar o pecado e o sentimento do pecado, às vezes eu estou a não mais do que três metros à sua frente. Seria necessário dois passos para que vocês estejam em meus braços. Então, não tenham medo de avançar em passos largos, mesmo em pulos, amados. Pois eu digo que, quando vocês tomam a decisão de colocar as coisas menores atrás de vocês, eu os fortaleço diretamente pelo Corpo e Sangue do meu Ser, pelo meu Sagrado Coração, pelo meu amor todo-envolvente.

É a sua decisão que abre a porta.

Enquanto vocês estão em um estado de indecisão: "Devo ou não colocar essa coisa atrás de mim hoje?" Então, queridos, vocês estão sozinhos no vale da indecisão. Assim deve ser, de acordo com a lei do livre arbítrio, se vocês tiverem uma base de auto determinação, diante de um Mestre Ascensionado, ele poderá adicionar a vocês, sua própria grande Determinação Divina e o momentum de seu Corpo Causal.

Jesus Cristo


 

Pérola de Sabedoria Vol. 36 No. 25 - Mestra Nada Representando os Senhores do Karma 1993

Em todo o mundo, cada membro da comunidade da Escola de Mistérios, todos os Guardiães da Chama em cada vila e cidade e aldeia, e o mundo ao seu redor, pode optar por ser um pilar no poderoso templo, que finalmente se tornará físico, aqui, na Escola de Mistérios do Senhor Maitreya, se houver aqueles que manterão a chama acesa, no centro deste templo.

Você pode dizer: "Sim, eu vou continuar. Não, eu não vou continuar."

Que seja sim ou não, mas que você não seja encontrado nesse estado de “falta”, o estado intermediário da indecisão.

Mestra Nada


 

Pérola de Sabedoria Vol. 26 No. 53 - El Morya - 1983

Corações amados, eu, às vezes penso, que os ventos da época, as marés da mudança, afetam até mesmo os nossos melhores servos, e há uma falta de percepção sobre o quão mortal em si, um medo estimulado pode chegar a ser.

O medo gera auto preocupação e excesso de preocupação e, também, uma montanha de indecisões... Igualmente, o medo gera uma preocupação com infinitos detalhes de pouca importância ou, envolve ocupar o tempo de uma atenção, preocupando-se com coisas que não são a realidade do momento.

El Morya

 


- Os trechos dos ditados acima foram disponibilizados originalmente em inglês para os mensageiros Mark e Elizabeth Clare Prophet - Tradução e comentários entre (parênteses) de Paulo R. Simões


Voltar