O QUE OS MESTRES ASCENSOS DIZEM SOBRE...

- O LIVRE ARBÍTRIO -


Agora, lembrem-se sobre: - A LEI DO LIVRE ARBÍTRIO - 
Deus, os Mestres Ascensos, os Elohim, os Arcanjos e os Anjos, não podem interceder em nosso mundo (vida pessoal e planetária), a menos que nós peçamos a eles para que atuem!

Elizabeth Clare Prophet


Vamos conversar sobre o livre arbítrio. Este dom único dos filhos da luz, de grande valor, e que tantos desconhecem sua importância. A alma trabalha seu livre arbítrio em sua mente, e precisa tomar uma decisão atrás da outra.

A vida é criada a partir das decisões que tomamos. Não importa o que nos acontece, mas sim, o que faremos, qual decisão tomaremos, em cada situação que a vida nos apresenta.

Quando falamos em livre arbítrio, falamos em evolução da alma. A Alma está aprendendo a conviver com seus irmãos. O livre arbítrio é o grande teste para a convivência em harmonia.

A harmonia cósmica exige que todas as formas de consciência busquem viver em harmonia e cooperação mutua. Assim, o livre arbítrio fica limitado às esferas Terrestres.

Somente provando sua capacidade de convivência em harmonia, através da liberdade vigiada na Terra, o ser humano poderá ganhar a liberdade para voar através do cosmos, de mundos em mundos, conhecendo a grandeza da mente de Deus.

Quando utilizamos o livre arbítrio, para promover o bem estar geral de todos. Quando buscamos por livre e espontânea vontade, ser útil a nossa comunidade, ajudando a evolução de todos, então, estamos no caminho certo e desenvolvendo nosso livre arbítrio da maneira correta.

O ser humano que aprende a utilizar seu livre arbítrio em concordância com a vontade de Deus, ganha mais liberdade de expressão, mais poder, maior qualidade de vida, maior capacidade de realizar sua vontade, mesmo ainda em vida terrena.

Isso ocorre por que Deus Pai só dá o poder e a liberdade para aqueles que sabem utilizar sua energia, manifestando em sua vontade, a perfeição da vontade divina.

Aqueles que conseguem o poder agindo pela força e coação, servindo ao seu próprio ego e à vontade da falsa hierarquia, viram escravos de suas próprias maldades.

O mal que tenta o filho da luz a agir contra o livre arbítrio de seus irmãos, é o mesmo mal que o aprisionará a manter-se sempre sugando dos outros para alimentar a hierarquia maligna.

É comum vermos políticos multimilionários, que nunca param de roubar, como se algum dia fossem capaz de gastar todo o dinheiro que já roubaram.

O ciclo vicioso do mal, é o aprisionamento de suas almas. Jamais poderão usufruir de seus roubos, pois não terão a liberdade para tal. É como a mentira. Uma mentira sempre puxa outra... A confiança na Lei e no Legislador permitirá a cada um fazer a sua parte e manifestar seu próprio eu interior.

Cada Homem é uma árvore vivente. Que todos conheçam os frutos da árvore de cada homem e então percebam se a retidão daquele homem é uma retidão humana ou uma retidão divina.

Que as árvores cresçam lado a lado e que todos possam olhar e ver como compradores numa loja, e compreender o que deve ser desejado, e o que deve ser rejeitado.

Quando Eva aceitou a maçã do demônio, na verdade o pecado não foi comer a maçã, mas sim, comungar com aqueles que não se curvavam à vontade divina. Aqueles que utilizaram o livre arbítrio para alimentar seu próprio ego. Por isto é tão importante andar com pessoas boas, e buscar amigos que tenham como ideal servir à manifestação do bem, do bom, do belo, da ordem e do progresso, o que só pode vir de Deus, Pai - Mãe divinos.

Precisamos educar nossos filhos, não apenas, para ter prazer e viver uma boa vida, mas para que saibam se unir com aqueles que trabalham para o bem geral de todos. As amizades são muito importantes no desenvolvimento da alma, e isso serve não só para nossas crianças como também para todos nós.

Lembrem-se da Santa Ceia, Jesus mostrou que devemos comer e beber com aqueles que buscam falar dos ensinamentos.

Aqueles que estão juntos no caminho da luz. Precisamos evitar estar em más companhias e aprender a não dar a atenção; o nosso precioso tempo; para aqueles que buscam apenas satisfazer seus egos.

“Diga-me com quem andas e te direi quem és”, é um ditado tão importante que deve servir como um verdadeiro moto. Um guia que nos ajuda a encontrar o caminho de volta ao lar.

Se alguém age contra o plano DIVINO, paga caro por isso. Napoleão é um bom exemplo disso. A princípio seguiu Saint Germain, que representava a vontade da Hierarquia, depois cedeu ao orgulho, e caiu. Muito antes de sua queda, Saint Germain tentou convencer Napoleão para que agisse com moderação, mas Napoleão foi vencido pelo seu próprio orgulho, empregando mal seu livre-arbítrio e agindo de acordo com seu cérebro humano.

O livre-arbítrio é a capacidade divina que temos, de decidir infringir a Lei-Divina. É a possibilidade de aceitar, infringir ou recusar as Leis de Deus. Para que possamos seguir o plano que Deus tem para nós, precisamos escutar a Presença EU SOU e decidir manifestar Sua Vontade.

Os mestres ascensos ensinam que o ser humano precisa perceber Deus em si. Contemplar a Luz e escutar seu direcionamento, e que nós precisamos aprender a ceder o nosso livre-arbítrio à causa de Deus.

A sabedoria está em devolver a Deus, o livre arbítrio que Ele nos deu, e buscar seguir a voz divina interior, que nos fala no coração.

Se você tem dificuldade em ser uma pessoa melhor e mais prestativa, procure ser Cortez com as pessoas. Busque ser gentil sempre com todos ao seu redor. Confúcio disse “Um homem sem cortesia ... poderia muito bem deixar de existir...”

O livre arbítrio dá ao homem o domínio no mundo da forma. Nenhum ser que viva fora do planeta Terra, pode adentrá-lo e atuar sobre seus quatro corpos inferiores, sem a autorização dos seres humanos.

Sem receber o convite de cada ser humano, a cada 24 horas, os mestres ascensos, os Elohim, e os anjos de Deus, ficam proibidos, por lei cósmica, de intervir nos negócios dos homens: Um dos problemas que teologia moderna não pôde responder satisfatoriamente, é a pergunta tão repetida:

“Por que Deus permite tanto mal no mundo?”

A resposta é, que as crianças de Deus, não pediram ajuda suficiente – Eles não invocaram o auxílio dos seres celestiais em números suficiente para vencer as forças do mal, que tanto horror traz para o mundo.

Pelo uso de seu livre arbítrio, em nome de Deus, a humanidade pode invocar e imediatamente receber o auxílio dos mestres ascensos em seu mundo.

Pedidos de intercessão em sua vida pessoal podem ter resposta imediata, mas quando seu pedido envolve outras pessoas, está sujeito ao livre arbítrio do outro.

Muitas vezes as pessoas choram a Deus pedindo socorro, e elas apenas não sabem orar, mas sabem desejar. Elas pedem a Deus em seus corações, para que suas vidas mudem. Cabe àqueles que já têm uma comunhão com o mundo etéreo, buscar levar Deus àqueles que ainda não sabem clamar com toda a força de seus pulmões.

Pedidos de intercessão nacional ou planetária, precisam de um número maior de pessoas orando e buscando a manifestação, para que possam ser respondidos. Por esta razão, a união das religiões em prol da atuação de Deus no planeta, para a manifestação do bem para todos, é essencial.

O mal busca separar os filhos de Deus, divididos em várias religiões, para que se mantenham longe e sem comunicação. Separados, nós somos mais fracos, e a falsa hierarquia sabe disso.

Amigos, Deus espera que seus filhos utilizem a capacidade de manifestação, (o Poder da Palavra) (pois Deus é a Palavra e a Palavra é Deus) dizendo com confiança:

Em nome da minha Poderosa Presença EU SOU O QUE EU SOU, e da chama trina em meu coração, ... eu comando isto ..., eu quero aquilo ..., e peço a manifestação de tal coisa .... Eu quero a cura desta doença ... Eu quero saber a verdade sobre tal assunto. Eu quero que as pessoas ruins sejam colocadas longe de mim e de meus filhos e que pessoas boas sejam colocadas em nossos caminhos... etc..

Mas é importante saber, que quanto maior for a sua certeza interior, de que você tem este direito de atuar, com seu livre arbítrio no planeta Terra, então maior será seu poder de manifestar.

Maior ainda será, quando provar a Deus, que mesmo podendo e sabendo como agir contra o livre arbítrio de seus irmãos, para manifestar sua vontade, você os respeitará e jamais passará os limites da liberdade doada por Deus, ao seu próximo.

Pois o direito ao livre arbítrio é sagrado, e por isto mesmo, divino. O mal não tem poder algum, assim sendo, não tem livre arbítrio. O único poder que a falsa hierarquia dos seguidores de Lúcifer tem, é aquele que conseguem roubar dos filhos da luz, iludindo, enganando, enfeitiçando.

Da mesma forma, os filhos da luz que resolvem seguir a falsa hierarquia, vão diminuindo seu livre arbítrio, dia a dia. A chama trina em seus corações, vai se apagando, apagando até que caiam, assim como seus algozes.

Sim, porque LIVRE ARBÍTRIO não é apenas a capacidade de se locomover por ai, e poder agir bem ou mal, o livre arbítrio é também a nossa capacidade de contato com a fonte da vida, e da energia que mantém a vida em nossos corações.

Esse contato abre infinitas possibilidades. Só aqueles que têm LIVRE ARBÍTRIO, podem co-criar com Deus, podem ter inúmeras possibilidades de criação, e soluções de problemas.

LIVRE ARBÍTRIO é a capacidade de poder escolher ir na seara do Senhor Deus e colher os frutos de sua perfeição mental e manifestar seus pensamentos para o bem do mundo. Trazendo cura, beleza, harmonia, ordem e progresso para a comunidade em que vivemos.

----------------------

A alma de Jesus teve a mesma evolução de cada um dos outros mestres ascensos. Todos tiveram em seu caminho uma missão divina para cumprir e o fizeram com louvor. Todos conseguiram se desapegar dos desejos carnais e colocaram sua atenção totalmente voltada para a Presença de Deus.

Mas, o que faz de Jesus um ser realmente especial, é que ele teve como missão, na sua ultima encarnação, nascer puro e perfeito, representando o filho de Deus.

Até o fim de sua vida anterior, ele consumiu seu carma e poderia ter concluído sua ascensão naquela encarnação.

Mas lhe faltava cumprir sua missão divina, não basta se purificar, para poder ascensionar, é necessário realizar a vontade divina.

Não basta consumir o karma, é necessário realizar o dharma.

Esta missão de Jesus exigia uma reencarnação. Reencarnação esta que trazia uma importante e ultima missão. A de representar o Filho de Deus. O Santo Cristo Pessoal de cada um de nós. Posição que ele tem até hoje.

Esta representação, este exemplo encarnado do Filho de Deus, era necessária para ajudar as criancinhas de Deus a evoluir. Elas precisam de um exemplo encarnado, um modelo do Filho de Deus, para ser seguido.

Ser Filho de Deus é uma posição, um titulo. Este titulo pode ser conquistado por cada um de nós, criancinhas ainda no útero da Mãe Divina. O premio a ser conquistado, é poder estar ao lado de Deus. Poder falar com Ele e ser ouvido por Ele. Relacionar-se sem intermediários (o Cristo Pessoal).

Jesus consumiu muito de nosso carma, com sua crucificação, e isso foi uma benção para todos nós, mas sua ascensão também trouxe seu manto para ajudar a elevação daqueles que colocarem a atenção nele e em seu ensinamento.

O carma que Jesus consumiu foi o carma planetário. Isso aliviou o mundo para que tivéssemos mais tempo para aprender a resolver o nosso próprio carma.

O fato de Jesus ter nascido de uma mãe virgem, e de que o seu pai genitor seria o próprio Deus, o EU SOU O QUE EU SOU, faz com que muitas pessoas e religiões, acreditem que ele é único.

E realmente ele é único! Ele, Jesus, em carne e osso, foi uma manifestação única. Mas apenas no físico, o corpo material de Jesus era único e com uma missão única.

Mas a alma de Jesus é para o nosso Pai celestial, tão importante quanto a de qualquer um dos outros filhos dele. Todos os que ascensionaram, obedeceram ao Pai e o amaram acima de qualquer apego material.

A ascensão está mais ligada à leveza do ser, do que a ser desta ou daquela religião. Seguir os mandamentos de Deus e obedecer a sua vontade é o que realmente importa.

Quando amamos a Deus acima de tudo, nós nos elevamos. Amar a Deus acima de tudo exige que coloquemos a atenção nele o tempo todo, ouvindo seu direcionamento diário.

Quando assim agimos, não temos tempo para reclamar da vida, ter medo ou ansiedade. A paz de espírito toma conta do nosso ser por completo. Isso ocorre porque passamos a ter um retorno da energia que enviamos a Deus.

Este retorno do amor que enviamos, traz um verdadeiro mar de harmonia e paz em nosso ser. Simplesmente, a certeza e o saber tomam conta de nós.

É nisto que se resume o nosso trabalho, mostrar a vocês a necessidade de interagir com este amado ser que nos acompanha, o EU SOU O QUE EU SOU. Deus individualizado para nós.

Mas este é um caminho para ser percorrido dia a dia.

Quero pedir a vocês que imaginem que tudo aquilo que vocês gostam nesta Terra, cada coisa ou pessoa, cada mau habito, cada um destes apegos representam uma pedra. E que estas pedras pesam. Elas estão em seu bolso e pesam. Impedem sua subida para junto de Deus.

As pessoas são tão apegadas às coisas que se as convidarmos para ir para o céu, elas vão perguntar: mas posso levar meu cãozinho? Sem a minha moto eu não fico. Quero levar minha namorada, pode? lá pode fumar e beber uma cervejinha? Ahhh eu acho que no céu deve ser muito chato, e nada se pode fazer lá....

Parece absurdo, mas daqui nada podemos levar. E quando Deus vier nos buscar, não podemos estar querendo levar nada, porque isso, pesa. E Deus respeita nosso Livre Arbítrio e permite que voltemos para junto de nossos brinquedinhos, até que compreendamos que viver lá no Céu, é muito melhor do que viver aqui na Terra. E mais, lá tem muitos amigos nossos. E tem coisas muito mais elevadas e interessantes para se fazer, do que aqui, nesta vida limitada da Terra.

"Em baixo é como em cima e em cima é como em baixo", só que lá em cima é muito mais leve e prazeroso de se viver, do que aqui em baixo...

Quando uma pessoa faz a passagem, e se eleva acima do astral, ela não quer mais voltar. Mas Deus diz, filho, você quer voltar sim, pois tem muita coisa as quais você se apegou la na Terra, e terá de voltar para se desapegar. Muito da energia que eu te dei, você derramou na Terra, e terá de buscar esta energia e elevar aos céus novamente.

Você diz, mas Pai, eu estou gostando tanto daqui. Aqui é tão perfeito, eu quero ficar!

Mas Deus, o próprio Deus, segue as regras ditadas por Ele mesmo, pois sabe que você precisa renascer para resgatar suas energias apegadas ao seu cãozinho, àquela fazenda, àquele amigo, àquele lago onde costumava passear, ao sexo, ao açúcar, ao chocolate, ao café, e apor ai vai..., inúmeros são os apegos que nós humanos temos que aprender a nos livrar...

Maus habito são pedras e as vezes bem pesadas, eu sei. Mas Maria Santíssima nos ensinou como nos livrarmos destes maus hábitos pesados.

Precisamos ir nos livrando pouco a pouco. Não se arranca um mau habito, ele precisa ser substituído.

Mãe Maria nos ensina que (além das invocações e decretos para a chama violeta) precisamos jejuar uma vez por semana, e neste momento, buscar suprir nossa falta, com o amor divino.

Orando e amando a Deus.

Tudo o que fazemos por mais de sete dias seguidos passa a ser hábito forte. Tudo o que repetimos nas quatro semanas do mês, também. O jejum não é só de comida, mas de qualquer habito terreno de apego carnal. O apego carnal trabalha nos quatro corpos inferiores, não só no físico.

Que todos nós possamos tirar estas pedras de nossos bolsos, e possamos nos encontrar nas cidades etéreas dos amados mestres ascensos, ao lado da nossa Presença EU SOU!

Vitória Sempre na Luz de Deus!
Paulo R. Simões


 

COMO A ALMA SE TORNA O CRISTO? - AULA COM ELIZABETH CLARE PROPHET

As pessoas têm tentado chegar a Deus de muitas maneiras. Eles seguiram o caminho da yoga. Eles seguiram o caminho do ascetismo. E nós ouvimos a pergunta: "Podes tu, ao procurar, encontrar a Deus?"

Nós descobrimos que realmente não temos as faculdades para experimentar Deus dentro da nossa consciência limitada. Como diz Paulo, "Carne e sangue não podem herdar o reino de Deus”. Esotericamente, o termo reino, significa "consciência". Então, nós precisamos encontrar dentro de nós, o local que se torna o ponto de contato com o Real.

Em outras palavras, se Deus não tivesse colocado uma parte de si mesmo, uma porção da Palavra, dentro de nós, para encarnar conosco, nós não teríamos uma abertura para encontrá-lo.

A abertura sempre começa com a chama do Espírito que está em nosso coração. Nós não podemos encontrar Deus pelo intelecto. Nós não podemos encontrar Deus pelas emoções. Nós não podemos encontrar Deus através de austeridades físicas, nem podemos encontrá-lo através do plano subconsciente. Tendo esgotado essas possibilidades, temos de encontrar Deus através de Deus.

Bem, qual é a natureza essencial de Deus? Conforme registrado no Livro Deuteronômio, Moisés disse aos filhos de Israel: "O Senhor teu Deus é um fogo consumidor". Nós vemos referências a Deus como um fogo em todo o Antigo e Novo Testamentos.

João Batista disse: "Vem a mim uma pessoa, cujas correias das sandálias, não sou digno de desatar. Ele vos batizará com o Espírito Santo e com o fogo". É este o batismo do Fogo Sagrado que nós procuramos, e nós sempre começamos a procura-lo (dentro de nós).

Quando nós meditamos sobre o Fogo Sagrado dentro do coração, logo descobrimos que essa luz pulsante, que vem claramente à nossa consciência, acelera para uma vibração que se lê como cor violeta - daí o termo Chama Violeta.

A chama violeta foi vista pelos videntes, pelos místicos e pelos santos. É a chama do Espírito Santo e, é também, a chama que é revelada na Era de Aquário. É o aspecto do sétimo raio do Espírito Santo.

O tempo para a realização da humanidade e aplicação desta chama, chegou. E o Mestre Ascenso Saint Germain é quem patrocina sua liberação.

Como a sua alma chega a Deus?

Por sua invocação desta chama, pela sua meditação sobre a chama, banhando sua consciência na chama até que você experimente a transmutação, aquela mudança de energia e consciência, que tantas vezes foi prometida pelos profetas hebreus - a promessa do perdão, a promessa de que "ainda que os vossos pecados sejam como escarlate, eles se tornarão brancos como a neve."

A promessa do perdão do Espírito Santo é a nossa única maneira de sair do estado de não-alinhamento, que o Buda se referiu como “dukkha” ou “sofrimento”. Ele nos ensinou que toda a vida é sofrimento. Em outras palavras, quando estamos fora de alinhamento com a lei interna do ser, nós sofremos. Esse sofrimento é o nosso senso de pecado. Nós conquistamos novamente o alinhamento, pelo poder de Deus de apagar o pecado.

De onde vem esse poder?

Os hindus chamam o Espírito Santo, de "O Destruidor", Shiva - aquele que quebra as energias mal qualificadas ou o mau uso da vida que têm sido manifestada pelo nosso mau uso do livre-arbítrio.

Por exemplo: o ódio é um mau uso do livre-arbítrio. Nós temos o livre arbítrio para qualificar a energia de Deus como amor ou como ódio. Se temos qualificado como ódio, essa energia fica conosco. Ela permanece conosco como parte de nossa consciência até nós a transformarmos pelo amor. O poder do Espírito Santo para transmutar o ódio em amor se manifesta por esta dispensação da chama violeta.

Como podemos invocar a Chama Violeta?

Bem, nós podemos fazer um simples mantra, onde afirmamos o nome de Deus, EU SOU e, em seguida, declaramos que esse EU SOU é a Chama Violeta exatamente onde estamos. Este é um mantra que eu gosto de fazer para aumentar a manifestação da chama violeta em minha aura:

EU SOU um ser de fogo violeta! EU SOU a pureza que Deus deseja!

Este pequeno mantra se torna uma meditação e uma visualização, que é ancorada no templo físico pela palavra falada.

Dando a palavra para os nossos pensamentos e nossos sentimentos através do chakra da garganta, é o meio pelo qual nós ganhamos uma nova dimensão de nossas orações, das nossas afirmações mentais, porque é através do chakra da garganta que trazemos à forma física aquilo que está na mente e aquilo que está no coração.

É por isso que quando as pessoas começam a entoar esses mantras, elas experimentam uma aceleração imediata de consciência. A Chama Violeta, então, é o primeiro passo no caminho da iniciação com os mestres ascensos, o primeiro passo para o ponto de retorno da alma ao Espírito, ou à Presença EU SOU.

É interessante notar que o primeiro milagre de Jesus foi feito na festa de casamento em Caná da Galiléia, onde ele transformou a água em vinho. Isto simboliza a transformação da água da consciência humana para o vinho do Espírito.

Curiosamente, o próprio vinho é de uma cor púrpura ou violeta. E esta é uma pista para aqueles de vocês que são os místicos, que Jesus estava usando o aspecto do sétimo raio do Espírito Santo.
Quando Shakespeare escreveu em “O Mercador de Veneza”:

"A qualidade da misericórdia não se impõe; 
Ela cai como a suave chuva do céu sobre a terra embaixo. 
É duplamente abençoada; 
Ela abençoa quem a concede e quem a recebe."

Ele estava expressando através de Portia, uma chave para a alquimia da Sétima Era.

As qualidades da misericórdia e do perdão são o próprio poder da alquimia que está na Chama Violeta. Misericórdia é como um apagador cósmico. Quando invocamos a chama da misericórdia, como o Espírito Santo, ela realmente apaga a causa, o efeito e a memória do pecado em nossas vidas. Para a mente oriental, este seria o balanceamento do karma.

O que é o karma?

Karma é simplesmente sequências de causa-efeito, que tenhamos criado por livre e espontânea vontade.

Jesus ensinou ao apóstolo Paulo: "Tudo o que o homem semear, isso também ceifará."

 

O QUE EXATAMENTE SIGNIFICA O TERMO "INICIAÇÃO"?

Iniciação é o teste da alma. É a maneira que Deus tem para determinar como vamos usar o dom do livre-arbítrio dado, por Ele.

A tentação vem diante de nós; nós temos que tomar a decisão de trilhar o caminho da honra ou a trilhar o caminho do comprometimento da verdade.

Assim que demonstramos que nós agimos precisamente como delegados da Lei e da abundância de Deus, Ele nos dá mais. Ele nos promove a zeladores dos outros (aqueles que ainda se comprometem com a mentira e os mentirosos) e de maiores campos de energia, (passamos a ter) mais abundância, mais suprimento, mais responsabilidade na Terra.

Todos os dias estamos recebendo iniciações e a cada dia estamos enviando uma mensagem para nossa Presença EU SOU a respeito de se estamos ou não dignos de seremos considerados como herdeiros da consciência do Cristo.

Será que somos dignos de herdar esta mente de Cristo, esta mente de Buda, essa mente de Confúcio? Ela é nossa para a superação, mas nós temos que pagar um preço, e esse preço é seguir a lei interior e ser obediente à voz interior.

Elizabeth Prophet


Pérola de Sabedoria Vol. 13 No. 42 - Rainha da Luz

Deus reconhece que o homem deve atravessar vários ciclos de desenvolvimento, assim como períodos de limitação, que não fazem parte do plano divino, mas, são o resultado da interferência humana com esse plano.

Num sentido muito real, pelo uso correto de seu livre arbítrio, o homem é o árbitro de seu destino. Neste planeta, o livre arbítrio tem sido frequentemente usado de uma maneira errônea.

Agora que os homens passam a usá-lo mais e mais para o glória de Deus; e conforme seus entendimentos crescem aos pulos e travancos, que sua humildade também cresça para que a alma possa lucrar e ser feliz, que a alma possa verdadeiramente evitar o mal e apoiar o bem. Então, a Luz deverá expandir.

Rainha da Luz
 


Pérola de Sabedoria Vol. 29 No. 41 - Zarathustra

Aqueles que temem as consequências do exercício do livre arbítrio de cada um, não compreendem a Lei. E é esta lei do carma e da reencarnação, que tem sido cuidadosamente removida de muitas das escrituras sagradas para que o indivíduo não esteja consciente disto instantaneamente. Se ele exercita seu livre arbítrio e faz uma escolha incorreta para prejudicar a vida, este carma virá sobre ele, e ele se limitará e se amarrará a este mesmo livre arbítrio que ele exerceu.

Zarathustra
 


Pérola de Sabedoria Vol. 29, No. 52 - Arcanjo Miguel

Amados, o Mal deve ter um fim. E este é o meio pelo qual aqueles que tenham escolhido encarná-lo, devem colher os frutos que plantaram. Se isto não fosse verdade, amados, (a lei do livre arbítrio e o caminho da mão direita ou da mão esquerda, em escolher ser ou não ser Deus em manifestação) vocês não veriam o desenrolar à sua volta, nos dias de hoje, exemplos daqueles que escolhem a Vida e daqueles que escolhem a Morte.

Olhem através deles. Olhem para os frutos daqueles que escolhem a cultura da Morte e olhem para os frutos daqueles que escolhem a cultura da Vida.

Portanto, como Moisés disse aos filhos de Israel: “Eu coloco diante de você a Vida e a Morte. Agora, escolha a vida, para que vivas.

Arcanjo Miguel


 

Vol. 27 No. 23 - Elizabeth Clare Prophet - May 28, 1984

Portanto, o mandamento é: Amar o Senhor teu Deus com todo o teu coração.

Qual é o teu coração? O teu coração é um vaso que contém a centelha divina, a chama tríplice de vida. O teu coração é um cálice, é o Santo Graal. Ele contém o corpo e o sangue do Cristo vivo.

Amar a Deus com todo o teu coração, é (amar) com toda a energia de tua vida, pois o teu coração é a tua vida. Isso significa amar, dirigindo a Deus todo o amor e coração de uma pessoa.
Assim, o mistério aqui, no Grande Mandamento (1º mandamento de Deus: Amar a Deus acima de Tudo), é dar, devolver para Deus, por Livre Arbítrio (por vontade própria), tudo o que Ele nos deu.

E ao dar a Deus todo o nosso coração, amando-o com todo o nosso coração, estamos pegando todos os bits de Sua vida, que Ele nos envia perpetuamente como o Rio da Vida, como o Cordão de Cristal, e dizer: "Eu tenho recebido. Eu retornarei essa vida de Deus (e para Deus) com todo o meu coração."

Assim, o mistério da Grande Mandamento é: a vida é uma rua de mão dupla. Deus envia a Sua luz, e Ele nos dá o livre arbítrio para enviá-la de volta para Ele, em amor.

E se assim o fizemos, estabelecemos este circuito de proximidade, um poderoso círculo da vida. Onde ninguém pode entrar, ninguém pode penetrar com dispositivos de irrealidade (um eterno laço de proximidade e proteção divina).

Enviando todo o amor de nosso coração para Deus, nos protege da ignorância, do karma, e das condições do mundo, porque somos selados quando estamos perpetuamente amando a Deus. 
É um tremendo presente do Livre Arbítrio.

Nós temos a escolha de amar ou não amar a Deus, de dirigir nosso coração para Ele, ou não. E, portanto, podemos observar a alavanca da atenção, a alavanca do coração, a sua ocupação.

Porque há alguns que não têm um coração puro. Há alguns que mantêm a dureza de coração, o medo do coração e registros de morte. Estes momentuns, que são de carma (acumulo de energia negativa), portanto, nós dizemos que eles são carmicos, bloqueiam o fluxo de puro amor, de cem por cento de nossas vidas para Deus (cem por cento deveria voltar para Deus e não é isto o que acontece... parte da energia divina, vai para o eu inferior e para a falsa hierarquia).

Nós desejamos purificar o coração, pois fora do coração estão os problemas da vida. Quando permitimos que as energias do coração desçam para alimentar desejos inconvenientes e velhos momentums, estes aumentam em poder, porque, nosso poder está no coração. E então, estes desejos e momentums nos dominam, e quando somos confrontados por eles, nós não somos capazes de derrotá-los, porque nós lhes demos a nossa atenção (nosso poder).

E, portanto, para cumprir o Grande Mandamento em toda a sua essência, significa, retirar diariamente a devoção e o amor do coração, daqueles assuntos exteriores, estranhas questões de ambição ou ego. Pois o ego desloca a consciência do Cristo de nossos corações, criando objetivos materiais, desejos de adquirir, desejos de todos os tipos de coisas na vida. E cada um desses desejos leva um pouco do ímpeto do coração.

E então, quando precisamos do coração para a cura, para o dom supremo da vida de alguém, para ressuscitar os mortos, para fazer nossa própria ascensão, para ganhar uma causa, para se manter para a justiça, o coração é fraco, não pode executar. Não temos o poder da divindade para derramar esse coração à Sua vontade, Sua devoção.

Quando você ama alguém com todo teu coração, você começa a conhecer a pessoa muito bem. Você começa a sentir seu batimento cardíaco, sua alma e seu espírito. Você vive e se move com ele, porque vindo da devoção, surge uma unidade.

Assim, quando o objeto de seu amor é Deus, em primeiro lugar, a Poderosa Presença EU SOU e, em seguida, aquela presença de Deus em todas as pessoas; quando você ama a Deus com tal firmeza da tua atenção, você começa a saber quem Ele realmente é. Você começa a conhecer o Pai.

Existe uma corrente (fluxo de energia circulando) e uma abertura estabelecida em sua vida, onde você fala e Ele responde. E a aceleração da devoção de seu coração limpa o caminho para a descida da luz (quanto mais você falar com Deus, mas energia e abertura terá entre você e Ele). Você faz a Deus uma pergunta e Ele lhe responde pelo seu Espírito Santo, pelo Filho de Deus também habitando corporalmente dentro de você.

Se você não praticar e exercitar e comunicar-se (com Deus, diariamente), então, um belo dia, quando você precisar de uma resposta, será como se o céu estivesse inerte e sem vida, e você nada ouvirá (você precisa construir esta abertura entre você e Deus, porque você o deixou, precisa voltar a Ele por sua própria vontade e livre arbítrio).

Quando você conhece Deus, porque você o ama e você o sente, você passa a ter um senso de antecipação da presença do Pai em sua vida e em suas decisões. Você começa a saber o que Deus quer que você faça em determinada circunstância. Você não tem que refletir sobre cada passo, porque seus passos têm um objetivo e você está se movendo direto para o objetivo.

Você não tem que perguntar a Deus mil perguntas, porque você tem o sentido de Seu Ser e você sabe o que Ele espera (de você); é uma segunda natureza. Deus tornou-se sua segunda natureza, porque você o ama - AMA o SENHOR, teu Deus, com todo o teu coração.

Este é o grande mistério do Grande Mandamento, mas ele não para - Não só com todo o teu coração, mas também, com toda a tua Alma.

Elizabeth Prophet 


O fato de você poder prever o seu futuro não significa que a predestinação existe. Vivemos em um universo regido pelo livre-arbítrio.

Todos os dias, nos são apresentados desafios e oportunidades relacionados à forma como usamos o nosso livre-arbítrio no passado, se usamos as energias bem ou mal. Todos os dias precisamos escolher o que faremos com as situações novas.

O presente é o resultado das escolhas que você já fez, nesta vida e nas muitas vidas passadas. O futuro não está escrito, ainda.

A convergências dos ciclos de luz e trevas pode ser antecipada com exatidão. Mas o resultado final depende das escolhas que você faz, hoje e todos os dias, pelo restante da sua vida.

O presente é o ponto de maior oportunidade. É o momento da decisão. É quando você define o seu futuro. Um futuro que, no fim das contas, será aquilo que você decidir criar. Este é o significado de livre-arbítrio.

A ciência do Relógio Cósmico é o maior presente e a maior oportunidade que a vida nos dá.

Receba este conhecimento, tão amorosamente oferecido a cada um de nós por Maria santíssima através da mensageira Elizabeth Clare Prophet, e use-o diariamente para alcançar a sua ascensão nesta vida.

Livro - “Preveja o seu Futuro” 
Elizabeth Clare Prophet

 

- Do livro "EU SOU A PRESENÇA MÁGICA” - Ensinamentos esotéricos do Mestre Saint Germain

O Supremo Criador dá ao indivíduo, através do livre arbítrio, o uso dos atributos de criador, com os quais poderá manipular a manifestação em seu ponto especifico do universo. Ao indivíduo é concedida a faculdade de tirar conclusões, que são o resultado de informações parceladas, usando só o intelecto, em vez de serem completas. Isto traz resultados não satisfatórios.

Somente na atividade exterior da personalidade humana que não é senão uma fração da individualidade de cada um, pode a imperfeição ser gerada e experimentada.

Só o Filho de Deus, isto é, o indivíduo de livre arbítrio (vós mesmos) pode decretar como Deus decreta e dizer "EU SOU". Qualquer qualidade que se segue a este som, pronunciado no éter, torna-se uma manifestação no mundo da substancia, deste modo tomando forma.”

Saint Germain continua seu ensinamento sobre o livre arbítrio:
Tendo Livre-Arbítrio, o Estudante, através da determinação, terá sempre o tempo necessário para aquietar o exterior e receber o Majestoso Esplendor desta Poderosa "Presença" Interna.

Se alguém, que esteve trabalhando fisicamente, sente necessidade de repouso, deveria sentar-se numa posição confortável e, entrando em alegre reconhecimento da Poderosa Energia de Deus, senti-la, fluindo através de sua mente e corpo, como uma Poderosa Corrente Purificadora. 

Se os Estudantes praticassem, diariamente, este simples exercício, logo chegariam ao ponto em que invocariam uma Poderosa Corrente e, dentro de três a cinco minutos, se sentiriam inteiramente refeitos.

A afirmação pode parecer-vos absurda, mas Eu vos asseguro que a sensação de cansaço em função da atividade externa é apenas falta de alegria naquilo que estão fazendo. Pode ser algo proveniente do pensamento da raça, ou algo proveniente da condição desarmoniosa no indivíduo. 

Conhecendo que o corpo não pode cansar-se, então sabemos que a sensação de estar cansado é apenas falta de alegria ou harmonia em algum lugar da consciência; Naturalmente, a primeira coisa a fazer seria aquietar o exterior, sentir que Poderosa Alegria e Paz preenchem a mente e o corpo até transbordar; exatamente como se vísseis um balde de água transbordando, e que a Radiação se espalhasse a todos aqueles que Dela necessitassem. 

O primeiro requisito para empregar a Energia Inexaurível é um estado de consciência constantemente feliz e harmonioso.
A maioria das pessoas têm a idéia errada de que esta "Poderosa Energia de Deus" é algo que elas têm que bombear, ou impelir de algum lugar, mas, asseguro-vos, que ela é como um poço artesiano. 

Quando chegais ao nível da água, já não precisais nenhum impulso para que ela corra para a superfície numa corrente contínua. Assim é, quando entramos suficientemente profundo na Consciência desta "Poderosa Presença de Deus": alcançamos a Poderosa Fonte de Energia e já não precisamos em absoluto agir sobre ela. 

Irrompe como a água através de uma comporta, e podemos dirigi-La a qualquer coisa que desejarmos, pois este é o nosso Divino Direito Nato e Privilégio.

Desejo: Parece necessário enfatizar de novo a Poderosa Consciência que o desejo é, na Poderosa Atividade de Deus, como se fosse o poder motivador pelo qual as asas do pensamento levam-no a transformar-se em produtividade. 

Asseguro-vos que não pode existir nem uma coisa, das menores às maiores, sem que exista desejo subjacente a ela; pois o desejo é o poder da Alma, tentando expressar-se.

Há os que vos dirão que possuem muitos desejos errados, mas afirmo que é somente por falta de controle do Livre Arbítrio. Qualquer ser humano adulto sabe a diferença entre deixar a Energia fluir em canais construtivos ou destrutivos, portanto pode facilmente escolher a Sua direção.

Saint Germain


- Os trechos dos ditados dos Mestres acima, foram disponibilizados originalmente em inglês para os mensageiros Mark e Elizabeth Clare Prophet - Tradução e comentários entre (parênteses) de Paulo R. Simões


Voltar