O QUE OS MESTRES ASCENSOS DIZEM SOBRE...

O CHELA CONSTANTE

(Este ditado é muito importante, foi o primeiro ditado dando início às PÉROLAS DE SABEDORIA em 1958.)


 

Ditado originalmente em inglês dado ao mensageiro Mark L. Prophet da escola The Summit Lighthouse

Pérola de Sabedoria Vol. 1 No. 1 - Amado El Morya de Agosto de 1958 -

- Texto originalmente em inglês, tradução e comentários entre (parênteses) de Paulo R. Simões

Um Coração Constante

Aos nossos graciosos leitores, dedicados ao amoroso serviço no mundo todo:

Para corações que esperam n’Ele com constância,

Tem sido dito, “É a esperança, doce esperança, que mantém nossos constantes corações." 

Meu fraseado disso, seria: “É a esperança que mantém constante nossos doces corações”, “É doce ter esperança por constância”.

Sim, é verdade que "você nunca sente falta da água, até que o poço seque." 

A constância de uma fonte sempre fluindo, é um conforto abençoado para o viajante sedento. E a cada um de vocês, tem sido dada a oportunidade, pelo grande Conselho Cármico, e seu próprio Senhor do Amor, sua própria Presença EU SOU individualizada, de preencher seu lugar, com o serviço divino para a vida.

Agora, minha esperança constante é grande. Alguns acham que seja muito grande... pois é minha esperança, de que em todo lugar onde vemos a necessidade de um servidor constante (de um verdadeiro chela), lá, nós vamos encontrar (contar com) um de vocês.

Esta atividade (Pérolas de Sabedoria) destina-se a auxiliar o buscador sincero da verdade, bem como, ao servidor dedicado. É um canal e caminho pelo qual, as esperanças mais altas do céu, podem ser comunicadas àqueles na Terra.

É também um templo invisível de Luz e Amor, (invisível aos olhos humanos), de onde nós, os anfitriões ascensos (mestres ascensos), podemos liberar sabedoria divina para vocês, vinda do alto, em um esforço cooperativo, para ajudar vocês a chegar até a nós, e à nossa Luz, (passando) através do véu de maya (véu que impede o ser humano de enxergar a verdade).

Para que nossas energias combinadas encontrem ancoragem firme no reino humano e, assim, poderemos ajudar vocês, e a todos os que ouvirão nossas palavras, para evitar muitas das armadilhas da experiência humana.

Essa ajuda vinda de nós (via "Pérolas de Sabedoria", periódico da The Summit Lighthouse com os ditados dos mestres), amorosamente aceita por vocês, irá acelerar sua evolução espiritual, de modo que, vocês vão evitar muito sofrimento. 

Assim, também, devemos reunir os feixes de obras bem feitas (o CHELA CONSTANTE, colocando em pratica os ensinamentos aprendidos), para o armazém do Amor divino, oferecendo-lhes, como nossos dons combinados, ao “Senhor da colheita” (A Presença EU SOU).

Quando uma pessoa extrai de um animal ferido, um espinho que vem lhe causando sofrimento na vida, certamente, não é necessário instruir o animal, de seu serviço na arte da cirurgia...

No entanto, quando um chela consciente vem a nós buscando alívio e liberação de suas angústias humanas, pedindo ajuda para o seu progresso espiritual e desejando servir a sua própria Presença de Deus, EU SOU e a nós, torna-se um serviço necessário, e uma grande alegria para nós, dar a ele (ao humano buscador/ chela) da nossa sabedoria e conhecimento.

Esta sabedoria, é claro, foi finalmente alcançada por nós, quando antes de nossa ascensão vitoriosa, que passaram pelos fogos do sofrimento humano (assim como vocês), bem como através da prática rítmica de sintonia sublime com a nossa fonte de Deus, (a Presença EU SOU), durante períodos incontáveis de meditação e contemplação sobre a Sua glória, que é revelada no céu, muito estrelado, em si.

Desta forma, como nós revelamos ao chela as formas e os meios de nossa própria realização (nossa ascensão), o chela torna-se totalmente equipado por esse conhecimento, com os meios práticos para ajudar a si mesmo e aos outros (a atingir sua ascensão).

Agora, doces e graciosos ouvintes (leitores), sonhem, se desejarem, sobre fantásticas viagens físicas para os nossos pés, vendo-se acampados com um pequeno grupo, em algum lugar exótico no Tibete ou na Índia, onde vocês esperam ouvir a grande palavra de iniciação (ditado dos mestres), que supostamente irá libertá-los de todos os sofrimento, instantaneamente, e magicamente.

Eu lhes asseguro que, na realidade, se, com um coração constante vocês acamparem conosco, exatamente onde estão, ouvindo a nossa orientação amorosa que diariamente revelam aos seus ouvidos, se estiverem em sintonia com o anfitrião ascenso (mestre de cada ditado liberado pelas Pérolas de Sabedoria), assim como expressamos o nosso amor por vocês, suas visitas a nossas fogueiras, serão muito mais reais e práticas, em suas bênçãos, do que seria o glamour de uma mera viagem física.

Lembrem-se, onde quer que vocês estejam, EU SOU (EU ESTOU). Como vocês sabem, mesmo com o conforto do ar-condicionado em meios de transporte modernos, viagens físicas podem ser cansativas para o corpo e para o espírito ainda não iluminados pela tocha altruísta de sinceridade e de constância no serviço (à Vontade de Deus).

Apenas segurando firmemente a mão de Deus, a sua própria Presença EU SOU, e a mão dos Mestres Ascensos, em tempos de escuridão, assim como nos tempos da Luz, vocês poderão sempre encontrar o caminho, o caminho do meio, que o amado Gautama viveu.

Percorrendo este caminho do meio, uma pessoa não se torna tão humilde, que seja subserviente, nem tão exaltada, que se torne uma blasfêmia. Na prática da vida do “Caminho do Meio”, você vai encontrar consolo completo, pois traz um conforto divino de uma paz que você conscientemente, pelo uso da chama violeta da transmutação, cessa as vozes de desejos vãos.

A partir de Darjeeling, (cidade na Índia, sobre a qual, situa-se o templo de El Morya, no plano etéreo) e dos templos do Himalaia, chega até vocês agora, correntes de proteção e cura, bem como, a doce fragrância das flores e madeira de cedro. 

E por último, mas não menos importante, através da nossa amizade divina, vem esta carta de boa vontade, a vontade de Deus, para vocês!

Seu obediente servo
MORYA El 

 


Voltar