O "SANTO CRISTO PESSOAL" - O "EU SUPERIOR"

 

O Santo Cristo é o nosso mediador entre Deus, O EU SOU O QUE EU SOU, e a Alma. O Pai permite nossa vida livre mas não pode compartilhar de nosso dia a dia, de nossos erros. Ele mantém a concepção de nossa pureza. Nosso Pai no céu, é puro, ele é perfeito, ele é algo que a nossa mente impura e suja, vivendo aqui na Terra, não pode nem imaginar. Ele protege nossa identidade etérea e divina. Assim, como já dissemos antes, ele criou um anjo da guarda, que é nosso Santo Cristo Pessoal, para nos intermediar.

Tudo o que precisamos do Pai vem a nós através deste Cristo mediador, e tudo o que fazemos de bom, sobe ao Pai para ser armazenado em nosso Corpo Causal através deste mesmo Cristo, atuando como o Espírito Santo.

O Eu Superior, o Eu Perfeito, é Tudo para a Alma. Sem um bom exemplo ninguém chega a Perfeição do Pai. O Eu Superior é o nosso Guru atuando dentro do nosso sagrado coração e se comunicando em nosso corpo mental. Ele é o único ser espiritual com quem realmente precisaríamos falar para podermos ascender na Luz. Como mensageiro entre nós e o Pai, se falarmos algo que não pode chegar ao ouvido do Pai, ele não levará até Ele.

Um exemplo, é quando alguém blasfema falando palavrões contra o Criador. O nosso mensageiro não leva tais palavras ao Criador. Nosso Pai sabe que mal qualificamos as energias, mas não sabe de que maneira. Imaginem então, a importância que tem o Santo Cristo Pessoal de cada um de nós. Ainda bem que ele é honesto e correto. Acima de tudo, que nos ama e nos protege. Nosso Grande Amigo.

Na  Imagem do Seu Eu Divino, ele está situado entre a alma encarnada e a Presença do EU SOU. Jesus, é o maior exemplo da perfeição que temos do Cristo encarnado. Jesus demonstrou-nos, a capacidade que temos de ser perfeitos aos olhos do Pai. Ele nos mostrou como ter compaixão ao próximo e autocontrole mental, emocional e físico. Ele nos mostrou que podemos negar o mal e suas ofertas de corrupção.

Este é o segundo dos 3 Corpos Superiores, é o corpo do Eu Pessoal ou Eu Perfeito. Este é o seu "anjo da guarda"  criado pela Presença do Eu Sou, para ser o exemplo do que você deve se tornar. Ele foi feito por Deus para cuidar de você. 

O Cristo é um anjo de Deus moldado dentro da expectativa que Deus tem de você. Deus espera que você se torne perfeito, correto, sábio, bonito, poderoso, caridoso, um ser com todas as qualidades de um Deus. Seu anjo da guarda foi criado por Deus para lhe guiar à perfeição da expectativa que o Pai tem de seu retorno para Ele. Este é o seu guia, use-o.

O exemplo a ser seguido. Seu professor. Ele é você criado na forma divina à partir da expectativa que seu Pai-Mãe divinos têm de você, de sua conquista, de sua vitória. Nós devemos buscar a união com o nosso Santo Cristo Pessoal, por meio do correto uso de nosso livre arbítrio. Este é o casamento alquímico que deve preceder o casamento eterno das Chamas Gêmeas.

Este é o significado de Jesus afirmar que Deus o reconhecera como seu filho. E a razão disso é que Jesus se tornou a perfeição de seu guia, o seu próprio Cristo Pessoal ou Eu Perfeito, sendo assim reconhecido por Deus, aquele que só pode ver a perfeição.

O objetivo principal deste corpo, O Eu Superior, é guiar o  Eu do indivíduo, a Alma, à vitória através do Chakra do Coração. Ele é o mediador entre a Presença do Eu Sou e a Alma. A Vitória aqui significa principalmente a perfeição da co-criação com Deus, e finalmente à ascensão da Alma para o plano etéreo.

Repita comigo:

"O MEU CRISTO É O MEU GUIA
E SE MANIFESTA NO MEU CORAÇÃO E NA MINHA MENTE!" 3x

Esta frase é maravilhosa, ela pode e deve ser repetida varias vezes ao dia. Ela abre a conexão entre você e seu amado guia de Luz, conectando-o com a fonte da vida, pois toda a Luz que você recebe do Pai, vem através do Filho, o Cristo mediador, o único caminho ao Pai, tanto para receber do Pai, como para devolver a Ele.

Muita gente tem como guia entidades astrais. Índios, caboclos, espíritos de amigos e parentes falecidos, entre outros. Estas entidades atuam fora do éter divino e não tem noção alguma do que Deus tem preparado para nós. O máximo que podem fazer de bem para nós é atuar como alerta de coisas que já estão no astral, no físico, ou quase físico. Eles são falhos em dizer o que o Pai e seus anjos de Luz estão por nos trazer à vida, assim, eles podem nos trazer apenas meias verdades, pura perda de tempo. 

O único guia verdadeiramente da Luz é o nosso Eu Superior. Ele faz parte do nosso ser e imagem divina. Ele atua dentro de nosso coração e de nossa mente. Ele surgiu desde o início de nossas vidas na criação de nossos "ovos embrionarios", a vida encarnada. Ele é a extensão do Pai em si.

Quando permitimos que uma interrogação paire sobre nossa cabeça, isto significa que estamos deixando que o mal nos influencie. Uma pergunta em nossa mente com ar de dúvida ou de falta de informação, mostra que estamos sozinhos e sem o nosso Santo Cristo Pessoal, sem o nosso Guia e protetor.

Quem sabe que tem o Cristo atuando em seu corpo mental e em seu coração, não perde tempo com duvidas e ilusões. Quando temos uma pergunta na cabeça, entregamos ao nosso Santo Cristo que é o nosso intermediário com o Pai celestial. Aguardamos a resposta que vem em nossa mente ou através de outras pessoas. É inadmissível que tenhamos dúvidas sem que a direcionemos ao Pai ou ao nosso anjo da guarda.

Vamos dar um exemplo aqui. Se estamos conversando com uma pessoa e ela nos faz uma oferta de um negócio que não conhecemos bem, a primeira coisa que vem à nossa mente é: Será que esta proposta é boa? Será que esta pessoa está falando a verdade? Estas são perguntas ao vento. Isto gera a respostas do vento. As respostas do vento são dúbias porque faz o nosso corpo mental sair buscando as repostas nas mentes vizinhas.

Quando temos dúvidas assim, devemos direcioná-las imediatamente ao nosso guia. O anjo da guarda. Ele é o mensageiro que vai ao Pai checar a veracidade da proposta, caso já não a saiba. Ele checa não só a veracidade como também se a proposta está de acordo com nosso plano divino.  O correto é perguntar mentalmente a ele:

"Amado Santo Cristo, meu Eu Superior, esta é uma boa proposta? esta pessoa é correta, está falando a verdade? mostre-me a verdade sobre este assunto!"

Quando falamos com Deus Pai, o EU SOU O QUE EU SOU, o ideal é usarmos a palavra falada, e isto é porque a palavra trás para o físico o que estamos pedindo. A Palavra é física. Quando falamos com nosso Eu Superior, podemos usar tanto a palavra como somente e apenas, a nossa mente. Isto porque, com o Santo Cristo, buscamos a meditação sobre o correto, sobre a vontade do Pai. Buscamos no intermediário de Deus, saber dele se compreendemos o que Deus espera que façamos.

Mesmo que uma proposta seja boa aos meus olhos e a minha mente humana, pode ser que seja ruim aos olhos de nosso Pai. Não basta que o objetivo ou proposta sejam bons. Tem de estar em seu plano e no de seu irmão. Pode ser que um sujeito diga: “daqui para frente vou viver ajudando os necessitados. Sou muito rico e decidi fazer o bem levando a cura e o bem estar aos doentes.” Ele pode estar agindo e pensando errado.

Talvez seu plano divino seja completamente diferente. Se isto for verdade, não adiantará as boas ações. Tudo estará fadado a dar errado. Mesmo que ele faça o bem para muitas pessoas, não será a vontade de Deus e com certeza ele estará interferindo no plano divino de outros e deixando de cumprir com o seu próprio plano e com o das pessoas que estão aguardando a sua presença em outro lugar. Complexo não?

Para sanar este problema, nunca aceite uma proposta no mesmo dia. Saiba que tudo o que vem para você, ou foi enviado por Deus, ou não foi. Se não veio de Deus, então não serve. Leve as propostas que recebe em seu dia a dia, para o seu altar. Consulte ao seu Santo Cristo e aguarde a resposta. O mal sempre tenta nos forçar a fechar negócios sem pensar. De imediato. Quanto mais pressionado você for, para dar uma resposta, mais calmo fique. Parece até piada, o mal quer nos forçar a pensar que sem a proposta deles estaremos perdidos e sem outra opção. Não se pode limitar a Deus. Aceitar limitações na vida, é limitar a Deus.

Negue o mal e suas propostas apertadas e sem propósito. Deus sempre nos dá tempo para decidir. Lembre-se de que o Cristo tem a obrigação de prover não só o ensinamento como também o sustento. Sofrimentos, dúvidas, dores, tristezas, todos os males devem e podem ser entregues a ele.

Quem fica segurando para si os problemas, é responsável por eles. Não assuma o que não lhe é devido. O Cristo espera que você lhe entregue os problemas. FAÇA ISTO!

O estudo dos mudras externos ensina que podemos pedir ao Santo Cristo que atue de dentro de nosso coração, as magias externas ao nosso corpo físico, abençoando a tudo e a todos. Ponha a mão esquerda sobre o seu chakra do coração, no centro do seu peito e a mão direita para a frente. Diga então em Voz alta e bom tom:

EM NOME DO MEU EU SUPERIOR,
O MAL É IRREAL E SUA APARIÇÃO SEM PODER ALGUM.

Outra coisa importante para melhor nos comunicarmos com o nosso Cristo, é entendermos que as ofertas vindas de Deus em resposta às nossas necessidades, sempre vem para suprir-nos de tudo o que precisamos. Porém, é comum que Deus permita que o mal lhe oferte algo que parece que irá servir, e na ansiedade de resolver o seu problema, você aceita o que não era bem o que você queria ou, o que mesmo sendo o suficiente para você, na realidade, se consultasse seu Guia Superior, saberia que não é bom.

Um exemplo: Você está procurando uma casa para morar. Precisa de 4 quartos mas encontrou uma casa com 3 quartos que apertando bem, dá para viver. O mal tenta lhe fazer aceitar esta oferta como se não houvesse outra. Se aceitá-la, terá milhões de problemas de todos os tipos que estarão no pacote do mal, com certeza. Vizinhos ruins, distancia do trabalho e etc.. Sempre que a vida lhe ofertar algo, teste a oferta no fogo do Espírito Santo.

Diga em voz alta e bom som: "Em nome do Pai e da Mãe divina eu entrego os meus problemas a Deus, (diga seu problema), amado Espírito Santo de Deus, queime através deste problema, desta duvida, desta situação, Eu quero a purificação pelo seu Santo Espírito, mostre-me a verdade Senhor e nada menos do que a verdade divina". Amém

Peça uma prova de que este é o caminho a seguir. É muito comum sermos testados e tentados a pegar menos do que precisamos, ou quem sabe até muito mais do que precisamos. Aqui é a hora de refletirmos e termos o discernimento. Nenhuma das duas opções nos ajudará. Nem mais, nem menos, precisamos receber o que nos é devido e nada mais.

A proposta do nosso Pai, geralmente não é a primeira. Ele espera que tenhamos paciência e harmonia, tranquilidade, Fé e discernimento. Aguarde o máximo pela perfeição de seu Cristo, ele está esperando que você tome a sua decisão.

Quando a sua alma realizar o casamento alquímico com o Cristo, ela estará pronta para receber o batismo do Espírito Santo que é a consciência viva das doze qualidades da mente divina. O Cristo é o seu professor destas doze qualidades. Ele vem ensinar tudo o que precisamos ser e saber sobre o Poder Divino, o Amor Divino, a Mestria Divina, o Controle Divino, a Obediência Divina, a Sabedoria Divina, a Harmonia Divina, a Gratidão Divina, a Justiça Divina, a Realidade Divina, a Visão Divina, e a Vitória Divina.

Seu Santo Cristo Pessoal é o seu Guru. Use-o

Nosso Santo Cristo, o nosso Eu Superior e Perfeito, pede que tenhamos obediência às suas ordens e direções. Ele quer que pensemos juntamente com ele antes de abrirmos a boca para tomarmos decisões.

Ele pede que meditemos com ele antes de agirmos ou falarmos. SABEDORIA DIVINA significa dominar a mente e os pensamentos antes de falar e agir. Ele nos ensina a  seguir o coração antes de agir e não a emoção. Vemos hoje em dia muita gente misturando coração com sentimento, isto é Errado. Sentimento é impulso sem pensamento. O coração é o que está antes do pensamento. O Cristo se manifesta através de nosso chakra do coração para atuar em nossa mente. 

Deus como Filho ou Vishnu, é a Personalidade Impessoal do Cristo, ele age parcialmente e não se envolve emocionalmente. Ele é o nosso instrutor, a palavra de Deus para nós. Ele só vive para nós e nada mais lhe interessa, apenas transmitir a consciência da Vontade Divina para nossa vida, o que depende de nosso livre arbítrio e vontade para que aconteça.

O Cristo não insiste, não fala duas vezes em sua mente!
Se um pensamento insiste com uma ideia,
isso não é o Cristo, nem um Mestre Ascenso!

O Cristo quer nos ensinar  a dominar nosso corpo mental, e espera que sejamos obedientes às leis de Deus e que mantenhamos nossa mente pura e harmonizada,  respeitando o próximo e a nós mesmos, agindo de acordo com nossa consciência em Deus.

Ele não partilha de pensamentos mesquinhos, egoístas e malignos. Seu poder sobre nós é total e nada nos acontece sem que ele permita. Ele nos orienta, porém, a decisão final é sempre nossa. Ele é responsável por nos orientar em tudo o que precisarmos para a conclusão de nosso dharma (o plano divino). Ele deixará de ser nosso anjo da guarda quando nos tornarmos perfeitos como ele é, assim, tomaremos seu lugar para estarmos ao lado de Deus.

Agindo parcialmente, ou seja, somente para nós, ele é impessoal, o que significa que  se ele tiver de nos punir para que possamos aprender uma lição nos mantendo no caminho, ele o fará, deixando que nosso próprio karma nos ensine. 

Ele não nos fará mal, mas poderá permitir que nosso próprio mal lançado a outras pessoas volte para nós. O karma é educador. Se não passamos um teste, não vamos em frente, precisando repeti-lo quantas vezes for necessário, não importa quantas vidas precisemos para isso. Não existe fuga da roda viva de reencarnações, nosso dharma tem de ser concluído. O único caminho ao Pai é o Santo Cristo Pessoal de cada um.  

Por exemplo: se você tem um mal habito que  lhe impede o crescimento espiritual, em determinada hora, seu Santo Cristo pessoal, não lhe permitirá mais evoluir em nada, a não ser que obedeça a ordem de largar tal habito. A razão disso é que o seu plano divino é incompatível, daquele dia em diante, com este mal habito, ou amizade, ato ou pensamento, seja lá o que for.

Isto é o que chamamos de "fundo do poço", onde não dá mais para continuar errando. Chega um ponto em que seu Pai no céu, e o seu Santo guia, param de lhe dar o caminho, param de lhe ajudar. Enquanto você não resolver este problema, não evoluirá, não haverá ganhos. Você tem de cumprir com as regras.

Este é o verdadeiro discípulo, aquele que segue as regras do professor, e o professor é o Santo Cristo Pessoal. Não adianta você pedir nada a ninguém. Nem a anjos, nem a arcanjos, nem aos mestres, nem aos Santos. Todos eles só farão o que o seu Santo Cristo Pessoal permitir. Ele é seu anjo da guarda e protetor.

Até mesmo o bem que queiram te fazer, se não estiver no seu plano divino, não o libertará da situação de mal estar e insatisfação. Mesmo que o mal lhe de todo o dinheiro do mundo, você continuará triste e sem evoluir na Luz. E o pior, é que a vida, não importa quantos caminhos você tome, sempre o levará até aquele ponto de evolução em que você chegou, onde seu guia lhe aguarda, esperando que você vença o seu mal habito.

É importante lembrar que os nossos irmãos Ascensos, como Jesus, Saint Germain, Kuthumi, El Morya, entre outros, estão ao nível do nosso Cristo, e eles podem ser invocados para nos guiar na Luz. Porém, qualquer outro tipo de comunicação espiritual, é inferior a esta. É ineficiente. É perda de tempo. Nada se compara ao Poder liberado pelo contato com seu Eu Superior, seu verdadeiro Guia, que quando invocado para interceder em sua vida, atuando na potencialização dos seus chakras, traz a perfeição das bênçãos do Pai para o mundo. 

Lembre-se: Você pode se comunicar com todos no plano etéreo mentalmente, para tirar duvidas, porém, se você já se decidiu e sabe o que quer manifestar, terá de usar as palavras e se possível, cartas escritas também e queimadas em ritual frente a seu altar, para a manifestação da sua vontade.

Outra coisa importante para dizer, é que se os seus pensamentos se mantiverem ao nível positivo e elevado do seu Santo Cristo Pessoal ou dos amados Mestres Ascensos, nenhum ser do mal terá acesso a eles. Sua mente é inviolável. Seus segredos e conversas mentais com seres elevados estão fora do alcance de seres ainda não evoluídos, como seres do astral, desencarnados, pessoas encarnadas ou até de mesmo dos demônios.

Para finalizar, quando oramos diretamente ao Pai, O EU SOU O QUE EU SOU, Ele também nos ajudará a resolver o problema e tirar a nossa dúvida, porque o Santo Cristo levará a Ele. Lembre-se que o Pai e o Filho, são UM.

Paulo R. Simões


- Ao copiar nossas páginas, indique sempre o web site - www.eusouluz.com.br -


- Colabore para a Expansão da Luz! -


Voltar para a Página Anterior

 Conhecer Outras páginas