O QUE OS MESTRES ASCENSOS DIZEM SOBRE...

OS FALSOS ENSINAMENTOS DESMASCARADOS
– Um Exposé de Falsos Ensinamentos –


Pérola de Sabedoria Vol.19 No. 9 - Kuthumi e os Irmãos do Manto Dourado - 1976

Aos filhos do Sol que desejam aprender sobre a lua e as Influências da lua: 

Nós caminhamos ao longo da estrada da vida quando o Sol está em seu zênite. Nós caminhamos de mãos dadas com a Mulher vestida com o Sol; pela transferência da sua pureza e da sua autoridade, também nós somos revestidos com o sol da luz interior.

Somos aquecidos pelo calor do sol solar, o Deus Hélios e a Deusa Vesta irradiando unidade trina para o olho e para a mente (dos filhos da luz). 

E nós, elevando o olhar ao céu, formamos um arco com a energia do Sol, o nosso próprio amado Ser Crístico, diretamente da chama trina dentro do nosso coração até o centro daquele Coração Cósmico. 

Lá vêm os discípulos da lua. Eles agem à noite. Eles não seguraram a mão da Mãe, em vez disso, ouviram os passos daquela que é chamada “Mãe Lua”. Com uma iridescência prateada, ela vem com seu encantamento, refletindo com o brilho da lua, a árdua senda do discípulo dos Mestres Ascensos. 

Entregando-se a toda forma de perversão e prostituição da chama, ela conduz os cordeirinhos ao desfile dos manequins, a criação-robô dos luciféricos que dançam para o culto do prazer, desnudos na luz noturna da lua cheia.

É o caminho da Wicca - conhecido como o ofício de lançar feitiços, de manipulações de desejos e vontades, de feitiços e magias, de encantamentos que são inflamações do ego - do ego e do desperdício de energia, tudo isso é feito na luz noturna da lua. 

(O ego humano desperdiça a energia por não saber retê-la, assim, precisa sempre de mais, e mais, e mais...)

Estudantes da lei cósmica vocês precisam perguntar-se a razão disto. Antecipando que vocês atenderão a responsabilidade de desafiar tanto o instrutor como o ensinamento, direi a razão.

A lua é a contraparte do mar, das grandes massas de água que cobrem 70% da superfície da Terra, dos mares que cobrem o plano astral, e do corpo de água do homem e da mulher. 

A lua é o refletor da água como energia em movimento no planeta e nas pessoas. Ela é um espelho gigante suspenso no céu, girando ao redor do relógio astral dos abusos do fogo sagrado, pela humanidade.

No Sol encontra-se o depósito da energia do Espírito Divino e de toda a boa qualidade divina que irradia do núcleo do átomo solar, o núcleo de fogo branco de Hélios e Vesta.

O corpo dos sentimentos, o grande corpo de água dos desejos conscientes e inconscientes da humanidade, tanto bons quanto maus, é depósito no homem e na mulher, dos abusos lunares, da luz do Sol por detrás do sol, o EU SOU O QUE EU SOU. 

(A lua amplifica toda a má qualificação de energia, energia que é pesada demais para poder subir aos céus, pois são inaceitáveis aos olhos de Deus. Quando bem qualificada, a energia volta a Deus Pai, que originalmente a enviou. A energia pesada fica acumulada na Terra e no corpo do humano. A isto, chamamos de energia cármica planetária e pessoal.)

Toda criação do homem e da mulher que permanece como desejo residual, como apego a substância material e a substância do ego, é amplificada pelo magnetismo da lua. 
Como é a atração da lua que gera as marés do mar, assim também é a atração do magnetismo deste espelho negativo sobre os corpos emocionais de um planeta e de um povo. 

Observando os ciclos da lua, os devotos do Sol (chelas dos mestres ascensos) aprendem a controlar, pela ação da chama divina (invocações ao fogo dos Elohim), os momentuns não transmutados (maus hábitos) dos distúrbios emocionais e da vaidade que se torna em insanidade quando refletida pela lua.

O ciclo de vinte e oito dias da lua segue o fluxo das energias do sol através dos quatro corpos inferiores do homem e da mulher. Cada um dos ciclos de sete dias da semana, serve para nutrir um dos quatro corpos inferiores com a energia dos sete raios. 

À medida que a luz do Sol é liberada para a Terra e as suas evoluções, de acordo com os ciclos de sete dias, então, a luz do Sol por detrás do sol, a Presença do EU SOU, também é liberada.

Cada quarto do mês lunar é dividido em sete partes que sucessivamente designam a fluxo ígneo dos raios através dos sete chakras nos sete corpos do homem e da mulher. 

A lua nova marca o primeiro dia do mês lunar. Embora a lua nova não seja visível, sua influência é registrada na mente subconsciente, o corpo etéreo inferior, enquanto a luz do Sol é ancorada no corpo etéreo superior. 

Assim, de acordo com o (os ensinamentos do) relógio cósmico, o primeiro quadrante da lua, coincide com o primeiro quadrante, o plano etéreo e o corpo etéreo. 


(Os ensinamentos do Relógio Cósmicos podem ser encontrados no endereço:  www.mestreelmorya.com.br/programa_127.htm)


Durante este quadrante, os devotos da luz do eterno Cristos invocarão os Elohim e as hierarquias do Sol para liberarem o fogo sagrado para a transmutação das influências da lua na mente subconsciente a na memória. 

A ação de limpeza da Consciência Crística é necessária para dissipar a névoa da lua que perverte as energias das hierarquias solares de Capricórnio, Aquário e Peixes.

À medida que esses emissários cósmicos liberam a luz do Poder Divino, Amor Divino e Mestria Divina, respectivamente, o devoto deve contrapor-se à falsa criação de energias de crítica, condenação e julgamento, de ódio e da malícia, da leve antipatia, irritação, e irascibilidade, e de todo tipo de morte, doença, desfalecimento e mentiras, que surgem das frequências de dúvida e medo.

O oitavo dia do mês lunar marca o início do segundo quadrante do ciclo de vinte e oito dias. A lua está crescendo e a sua influência é amplificada nos humores do corpo mental. 

Os sete dias que marcam os testes do devoto do Filho de Deus, marcam a escolha (o Livre Arbítrio) entre estar no plano do corpo mental inferior, sujeito às influências da consciência das massas, ou estar no plano do corpo mental superior, sujeito às influências da mente que estava em Cristo Jesus.

O devoto será testado em cada um dos sete raios e sempre encontrará a questão: ser ou não ser o sol ou a lua (estar ou não estar no sol ou na lua).

As influências lunares durante este período amplificam a consciência luciférica do orgulho, tanto espiritual quanto material; da ambição, tanto espiritual quanto material; e os oito “As” do abuso marciano da luz de Alfa no corpo mental. 

Marte foi originalmente o planeta da pureza, a pureza da luz da Mãe. Pela aceleração dos abusos das energias lunares, os caídos criaram no lugar da cultura da Mãe uma mecanização lunar, uma sociedade astral e uma sociologia astral - e tudo isto através da influência da Mãe Lunar, que roubou a disciplina da luz branca dos discípulos e criou o militarismo marciano como foco, neste núcleo de fogo branco do sistema solar, da perversão dos sete raios e do oitavo raio.

Filhos do sol, memorizem estas oito perversões da Mãe da luz de Marte e guardem o portão do corpo mental para que os demônios da Agressão, Animosidade (ira), Arrogância, Argumentação, Acusação, Agitação, Apatia e Ateísmo fiquem do lado de fora (da sua mente). 

Proíba-os pela chama da honra cósmica e pela luz do grande disco solar! Proíba-os para que não entrem pelo portão! Para dispersar estes desprezíveis monstros lunares que invadem a mente do homem e da mulher, vocês precisam ser não apenas destemidos, mas também enérgicos na vossa denúncia da profanação da Mãe, do Filho Varão interior e dos verdadeiros manás (poderes), os membros da mente – raciocínio correto, lógica verdadeira, discriminação e discernimento correto.

Se vocês a chamarem e vocês orarem, a Mãe Ômega enviará, legiões de pureza do coração dos Elohim Astrea e Pureza para colocarem os seus círculos e espadas cósmicos de chama azul em torno da lua e das influências da lua nos quatro corpos inferiores do homem (você mesmo), do planeta e das pessoas.

Com uma reverência à chama da Mãe e um voto à sua pureza, estas legiões enfiarão suas espadas na causa e no núcleo de toda agressão, animosidade (ira), arrogância, argumentação, acusação, agitação, apatia e ateísmo, mantidos pela influência da lua e amplificados por Marte - não apenas no quadrante mental, mas em todos as quadrantes da Matéria.

Para você que deseja defender a luz da Mãe, para você que deseja derrotar a Grande Prostituta nestes sistemas de mundos, este é um ritual da lei necessário.

Porque Lúcifer e os caídos ocuparam o plano do corpo mental e plantaram as suas sementes de um individualismo que se opõe ao individualismo de Deus, um individualismo de uma liberdade sem honra e sem responsabilidade, que combate a liberdade dos filhos e filhas de Deus, delineada no Código de Conduta Cósmico. 

Os testes da alma no segundo quarto da lua trazem o desafio e a confrontação de ser ou não ser a mente de Deus (de estar ou não estar na mente de Deus).

Deixe que o fogo violeta seja invocado da sua própria Presença EU SOU para transmutar, pela ação do Espírito Santo, os resíduos e os resquícios das sementes do ego humano lançados contra o Ego Divino, sua ímpia rebelião, sua teimosia em permanecer na sensualidade e na sensualidade do pecado, sua desobediência e desafio da lei interior, a densa ignorância do corpo mental inferior, sua competição que gera sementes mortais de ambição, que consomem a alma com as paixões pueris do ciúme e da vingança causada pela inveja.

Todas estas qualidades e condições do desejo humano e do desejo por adornos do ego são magnificados pelo espelho da lua.

Vejamos agora quais dos filhos do sol aprenderão a exercer domínio sobre a lua e as influências da lua. Vejamos quais dos filhos do sol se posicionarão até que eu retorne, se ocuparão da limpeza e da faxina, da esfrega e da lavagem da substancia da Mãe das Prostitutas nos quadrantes etéreo e mental. 
Eu estou no fogo do Mahatma.


Kuthumi
----------------

Ditado originalmente em inglês, dado a mensageira Elizabeth Clare Prophet 
Tradução e comentários entre (parênteses) de - Paulo R. Simões


Voltar