EXPLICANDO O PAI NOSSO E SUA RELAÇÃO COM OS 7 RAIOS  



Para ver esta aula pelo YouTube, entre em:
https://www.youtube.com/watch?v=YLIBurPpS5U

 


 

O que falta para as pessoas que começam a estudar os ensinamentos é aprender a adorar a chama sagrada e a entregar-se a ela. Precisamos aprender a devolver o nosso livre arbítrio a Deus, todos os dias. Isso precisa ocorrer a cada 24 horas, de preferência pela manhã.

 

Precisamos dizer a Deus:

 

“Pai, seja feita a Tua vontade neste dia!
Não a minha, Senhor, mas a Tua seja feita!”

 

Deus nos deu o livre arbítrio e nós o devolvemos a Ele. Por isso nós começamos o dia fazendo a poderosa oração de Jesus Cristo, o “Pai Nosso”, que é a oração mais completa que existe. Ela atua fazendo esta entrega e trabalha esta adoração pela chama que precisamos desenvolver nos sete raios sagrados e, isso tudo, em uma só oração.

 

Quando fazemos o Pai Nosso com amor e devoção, conseguimos consumir todas as forças negativas contrárias à nossa vitória.

Pai Nosso, que estais no Céu,
Santificado seja o Vosso Nome,
EU SOU O QUE EU SOU,

Venha a nós o Vosso Reino,  
Seja feita a Vossa Vontade,
Assim na Terra como no Céu.

O pão nosso de cada dia, nos dai hoje.

Perdoai as nossas ofensas,
Assim como nós perdoamos
a quem nos tem ofendido.

Libertai-nos das tentações,  e
 Livrai-nos de todo o  mal.

Porque
Vosso é o Reino,
Vosso é o Poder,
e Vossa é a Glória,
Para Todo o Sempre Manifestada,

Eu Sou na Terra, Assim como Eu Sou no Céu

Amém


A RELAÇÃO DO PAI NOSSO COM OS 7 RAIOS  


Quando oramos o Pai Nosso, precisamos concentrar nossa atenção na Presença de Deus, imaginando uma luz fortíssima no topo de nossas cabeças e a presença do Cristo em nossos corações, no centro do peito.

 

O "Pai Nosso" é a grande aula de Jesus

ensinando-nos a falar com o nosso Pai Celestial

 

O Pai Nosso não é uma prece ou uma súplica, mas, sete comandos ensinados por Jesus, atuando na posição do Cristo manifestado, mostrando-nos o caminho da intimidade e da maturidade na comunhão com o Pai.

 

Assim como está escrito em Isaías 45:11 "Comande-Me" Jesus nos ensina a comandar a energia de Deus, e é isso que precisamos desenvolver. A mensageira Elizabeth Clare Prophet nos ensinou que "As sete frases" do “Pai Nosso” correspondem aos Sete principais Raios da consciência de Deus. 

 

(Tanto a versão da bíblia João F. Almeida Atualizada e algumas versões mais tradicionais da King James trazem o versículo "Assim diz o Senhor, o Santo de Israel, aquele que o formou: Perguntai-me as coisas futuras; demandai-me (comandai-me) acerca de meus filhos, e acerca da obra das minhas mãos.“

 

O Pai Nosso começa com uma invocação: “Pai Nosso, que estais no Céu”

 

Lembrem-se de que foi Jesus quem nos ensinou esta oração e ele disse: “Pai Nosso”, meu, teu, e dele, de Jesus. Ele nunca disse que era o único Filho de Deus, como querem nos fazer crer algumas religiões. Somos todos Filhos de Deus e Jesus mostrou-nos o caminho de volta ao Lar, ensinou passo a passo como fazer para incorporar o Cristo, este sim, é o Filho Unigênito do Pai.

Jesus tornou-se esse Cristo em Pessoa aqui na Terra para que pudéssemos aprender com Ele a também incorporar o Cristo galgando assim o direito de ascender ao plano do Pai.

 

Nesta invocação inicial, chamamos o Pai, o Pai Nosso que estais no céu. Vós que estais aí no céu, no Reino espiritual, no Reino da Perfeição, ouve o meu chamado. EU SOU o Teu filho.

 

Este chamado, abre o caminho para uma conexão da alma com o Espírito de Deus, o que precisamos fazer todos os dias até conquistarmos a posição de Filhos de Deus!


 

Iniciamos com a 1ª Ordem – relativa ao 1° Raio

 

Santificado seja o Vosso Nome
EU SOU O QUE EU SOU

 

Esta é uma ordem absolutamente imperativa do primeiro Raio. O Raio Azul da Vontade Divina, da proteção e da direção divina. Quando dizemos Santificado seja o Vosso Nome, estamos pelo livre arbítrio, reconhecendo o Nosso Senhor e elevando a nossa energia ao alto, buscando a união com o Pai. Estamos com isso reverenciando, aceitando e louvando o seu Santo e Poderoso Nome, EU SOU O QUE EU SOU.

 

Com esta ação elevamos a nossa atenção para o alto, para o plano espiritual e, através desta corrente criada pela elevação da nossa energia, estabelecemos um fluxo de luz que volta multiplicada para o plano físico.


 

Vamos agora para a 2ª Ordem – relativa ao 2° Raio

 

Venha a nós o Vosso Reino

 

 

Esta frase magnetiza a energia do 2º Raio. A luz dourada da sabedoria, da iluminação que ilumina a consciência. A palavra Reino significa coroa, cabeça, consciência. Portanto, é o Filho ordenando que a consciência de Deus seja nossa consciência, elevando nossa mente até a consciência cósmica.

 

Este é o maior objetivo das crianças de Deus, elevar suas consciências para ter a consciência livre no cosmos. Quando dizemos "Venha a nós o Vosso Reino", estamos optando por evoluir do reino humano para um reino que nos conduza à imortalidade da alma.

 

É o mesmo quer dizer: Pai, Eu opto por manifestar o Teu Reino espiritual. Porque eu quero materializar Deus. Eu quero a consciência de Deus e não mais a minha consciência limitada e humana. Eu quero ser Deus em ação aqui e agora. Eu quero carregar a Luz de Deus para que o Teu Reino seja manifestado aqui na Terra, agora.

 

 

No Salmo de Davi 24:1 está escrito:

 

"do SENHOR é a Terra e a sua plenitude
o mundo e aqueles que nele habitam"

 


 

Vamos a 3ª Ordem – relativa ao 3° Raio

 

Seja feita a Vossa Vontade,
Assim na Terra como no Céu

 

Ao dizer esta frase, Jesus está magnetizando o Raio rosa do Amor Divino, o 3º Raio, pois a devoção à vontade de Deus é uma questão de imenso amor. A vontade de Deus é que sejamos todos uns pelos outros. Amar é servir! Amar é dividir! Amar não é dar esmolas, amar é ensinar nossos irmãos a evoluírem, física, emocional, mental e espiritualmente!

 

Precisamos magnetizar a consciência do amor divino para vencer a rebeldia contra Deus. Todos nós temos pontos de rebeldia à Lei e precisamos de muito amor para conseguirmos conviver com pessoas que nada conhecem deste amor. Precisamos de amor extra, além das nossas necessidades, para podermos transmitir ao nosso próximo, levando os ensinamentos de Deus para todos.

 

Amar é ser "Um por Todos e Todos por Um!“

 

Quando o indivíduo conhece a Lei Cósmica, aplica esta lei em sua vida diária e observa os magníficos resultados, isto faz expandir o Raio rosa do Amor em seu coração. A vontade de Deus é boa. Precisamos ter em mente que d'Ele é o Poder e Ele é quem realmente sabe o que precisamos manifestar.

"Seja feita a Vossa Vontade, assim na Terra como no Céu" Com esta frase estamos entregando nosso livre arbítrio a Deus e esta é a ordem mais sábia que alguém pode dar. Pois a vontade de Deus é o único caminho que nos leva em direção à vida eterna.

 

Neste verso aceitamos com humildade que d'Ele é a vontade, e é Ele quem decide se vai atender o nosso pedido... Precisamos ter em mente que d'Ele é o Poder e Ele é quem realmente sabe o que precisamos manifestar para nós e para nossos irmãos.


 

Vamos a 4ª Ordem – relativa ao 4° Raio

 

O pão nosso de cada dia, nos dai hoje

 

 

Esta frase mostra-nos que Deus quer que confiemos N'Ele a cada dia, sem preocupações com o amanhã. Chega o dia na vida de cada um de nós, onde não mais temos onde buscar a não ser, em Deus. Ele testa a todos que estão na senda. É tudo, ou nada!

 

O 4º raio é o Raio branco da Pureza. É a luz da Mãe divina, a Mãe natureza, que alimenta as crianças de Deus.

 

É através da comunhão com o Santo Cristo Pessoal, no chakra do coração, que qualificamos a luz do chakra da base, que é o chakra da Mãe, com a necessidade do momento: comida, dinheiro, roupas, oportunidades de trabalho e tudo o mais que necessitamos para sobreviver.

O fluir desta energia com mais intensidade, exige do indivíduo que consiga manter a harmonia, evitar os ressentimentos, as mágoas, a irritação e o medo, energias que bloqueiam a abastança. É a Harmonia da Mãe que magnetiza a Boa Vontade do Pai.

 

A 4ª Ordem mostra a intimidade do filho em comunhão com o Pai. Quando o filho trabalha em harmonia com o Pai, ele não implora por nada. Ele simplesmente pede: Papai, eu preciso de uma casa, eu preciso de trabalho. Como a criança que sente fome e diz: Mãe eu quero comer. Ela não se preocupa com nada, simplesmente pede para comer na hora que sente fome.

 

É esta despreocupação com as coisas materiais, este desapego, que precisamos atingir, sabendo que temos direito a ter tudo o que necessitamos, quando cumprimos a nossa parte e obedecemos as leis de Deus.

 

Precisamos ser o ponto de união entre o Pai e a Mãe, o Filho e o Espírito Santo. O homem é uma manifestação da Luz desse Deus Único e aqui está para aprender a trabalhar com a energia divina, decidindo a cada minuto, através do livre arbítrio, a qualificação correta ou incorreta da energia.


 

 

Vamos a 5ª Ordem – relativa ao 5° Raio

 

Perdoai as nossas ofensas,
Assim como nós perdoamos
a quem nos tem ofendido.

 

O perdão é a maior de todas as formas de solucionarmos os nossos problemas. Muitas de nossas necessidades, estão intimamente ligadas a dividas karmicas com os nossos irmãos e com o mal uso que fizemos das energias de Nosso Pai.

 

Esta frase traz também o ensinamento maravilhoso que diz que não podemos ser perdoados daquilo que não perdoamos em nosso próximo. O quinto raio é o raio da imaginação, da visualização.

 

Assim, lembre-se sempre de que quando perdoamos, esquecemos e, de que quando lembramos constantemente, é por que ainda não perdoamos.

 

A Lei do perdão é básica e fundamental para o fluir da energia de abundância e prosperidade. A falta de perdão petrifica, paralisa, bloqueia as energias. O 5º Raio é o Raio verde esmeralda que carrega para a humanidade a Chama da verdade, da cura, da alegria e da abundância. Lembre-se de que a função do homem é perdoar, a de Deus é julgar.


 

Vamos a 6ª Ordem – relativa ao 6° Raio

 

Libertai-nos das tentações

 

As tentações são permitidas por Nosso Pai, para que sejamos testados. Todo discípulo dos Mestres deve estar preparado para ser tentado, assim como Jesus no deserto e Gautama Buda debaixo da arvore Bo.

 

Esta frase, inclusa no "Pai Nosso", indica que precisamos do apoio de Deus e de Seus Anjos, para vencer as tentações. Indica que não podemos vencer sozinhos.  Quando sentimos a tentação chegar, precisamos pedir ajuda imediatamente. Algumas tentações podem ser difíceis de se vencer sem o apoio espiritual elevado.

 

O sexto Raio ensina a servir a Deus e à humanidade. E isso é possível quando o indivíduo mantém harmonia no ser e paz no seu coração. Mantém sua atenção no guru interior que é o Santo Cristo Pessoal de cada um. Este Mediador sabe exatamente o que é certo, e ele é a voz da consciência que avisa continuamente, através da intuição.

 

Para caminhar na senda iniciática, o estudante deve estar consciente de sua verdadeira realidade e procurar passar os testes e servir a Luz. A tentação tenta desviá-lo do seu caminho e fazê-lo esquecer sua real individualidade. A tentação quer trazer o ser para a superficialidade, a personalidade, o ego humano, a mente carnal, o prazer dos cinco sentidos.

 

E os maus hábitos são os piores inimigos que devem ser desafiados um a um. Os estudantes da luz são também tentados a assumir a personalidade e maneira de ser dos outros ao invés de manifestar o Espírito Santo, que é a individualidade de cada um, trazendo o novo e fazendo a diferença em seu meio.

 

A Senda da Ascensão é um caminho um tanto isolado em frequência vibratória. Quanto mais o indivíduo sobe a montanha, menos gente ele encontra no caminho. Portanto, Libertai-nos das tentações ou como encontramos em algumas outras formas do Pai Nosso, “Não nos deixeis cair em tentação” é a ordem dada à energia para o selar do ser, no único caminho da salvação (a auto elevação), o caminho da Cristicidade."


 

Vamos a 7ª Ordem – relativa ao 7° Raio

 

 Livrai-nos de todo o  mal

 

"Livrai-nos do Mal", implica principalmente em defendermo-nos de forças externas relativas aos quatro planos inferiores da matéria, como por exemplo, energias mal qualificadas por outros humanos que encontramos pelo caminho.

 

Livrai-nos de todo o mal, da maldade, da violência, dos acidentes, do Karma negativo que liberamos e está retornando agora; livrai-nos da inveja, do ódio e do ciúme; livrai-nos do veneno do orgulho, da crítica, dos maus pensamentos, e de todos os nossos vícios e maus hábitos.

 

É  a energia purificadora do 7º raio que liberta a alma para conseguir discernir entre o bem e o mal.


 

O Selamento – relativo a trindade e ao 8º raio

 

Porque
Vosso é o Reino,
Vosso é o Poder,
e Vossa é a Glória,
Para Todo o Sempre Manifestada,

 

Aqui é onde confirmamos que a Terra que Deus nos deu, é d'Ele, e deve continuar sob o Seu comando. Assim nos unimos a Deus em Seu Sagrado Coração.

 

É uma confirmação de que o Senhor me deu, mas eu escolho devolver para Ele. Deus é o Grande merecedor de todas as Glórias. Reconhecemos quem é o Grande Líder e nos curvamos ao Seu Reino respeitando a Hierarquia.

 

Este é o grande significado do 8º raio, saber orar sempre entendendo que é Deus quem sabe o que deve ser manifestado. Precisamos aprender a orar a Deus sempre sem forçar a nossa vontade mas entregando a Ele a decisão final. 

 

“Não à minha vontade Senhor, mas a Tua seja feita!”

 

O Reino, o Poder e a Glória, são uma referência à Trindade:

 

Poder, Sabedoria e Amor

Onipotência, Onipresença e Onisciência

 

 

O Poder é representado por Deus Pai, o Criador. Ele é a energia à nossa disposição. Deus é a energia e a energia é Deus. Deus é a fonte de Energia.

 

A Sabedoria é representada pelo filho, O instrutor! Quem nos ensina a utilizar a energia, o poder divino, com sabedoria.

 

O Amor é representado pelo Espírito Santo. O Destruidor das imperfeições! Mas além disso, o Espírito Santo é a Glória de Deus manifestada! Pois nada de imperfeito passa por ele, mas apenas a perfeição da individualidade em nós.

 

As crianças de Deus querem ser libertadas de toda a ignorância e das trevas. Querem e precisam da luz, da sabedoria e do amor para refletir aqui embaixo a Luz que vem do alto.

 

As crianças de Deus querem ser o reflexo do Amor, do Poder e da Sabedoria de Deus, para iluminar a própria consciência e a consciência daqueles que estão próximos, para que a Glória de Deus seja manifestada aqui na Terra, assim como ela é lá no céu.

 

Vamos afirmar agora Apocalipse 11:15:

 

"Os Reinos do mundo vieram a ser do Nosso Senhor e

do Seu Cristo, e Ele reinará para todo o sempre“


 

 

E finalizamos com:

 

Eu Sou na Terra, Assim como Eu Sou no Céu

 

Está frase confirma o próprio nome de Deus, dito no início da oração, "EU SOU O QUE EU SOU",  Que significa:

 

"EU SOU ALFA, ASSIM COMO EU SOU ÔMEGA"

"EU SOU O PRINCÍPIO E EU SOU O FIM"

"EU SOU NA TERRA ASSIM COMO EU SOU NO CÉU"

 

Com isto, estamos no fim da oração confirmando o início, dizendo que somos no fim, assim como Deus é no principio. Ou seja, a manifestação fiel da vontade do Pai. 

 

A palavra "amém", é o mesmo que AUM, que significa, "de Alfa para Ômega". É um selamento. Assim, "EU SOU NA TERRA ASSIM COMO EU SOU NO CÉU", é o mesmo que AMÉM.

 

Quando oramos ao nosso Santo Cristo Pessoal, nosso Anjo da Guarda, buscamos n'Ele respostas para o que já está manifestado. Assim como com o Pai, precisamos ser bem específicos com ele.

 

Quando oramos à nossa Mãe divina, que é, e está entre nós, representada por Maria, a Mãe de Jesus, podemos chorar a vontade e não precisamos ser tão específicos. Podemos pedir a ela que diga ao Pai para atender os nossos pedidos.

 

E por que isto é tão importante? Porque nem sempre estamos preparados para ser o cálice que o Pai precisa para manifestar o nosso pedido. Como somos embriões dentro do útero da Mãe, Ela pode orar por nós, pequeninos embriões divinos do Pai. Por isso, após fazer o Pai Nosso, procure fazer ao menos três Ave Marias. E isso vale para qualquer pedido, qualquer oração, não só após o Pai Nosso.

 

Acreditar na Mãe e pedir Sua intercessão,
é para o Nosso Pai no Céu, algo de Grande Valor.

 

Quando oramos ao amado Espírito Santo devemos sempre pedir e falar, com a mesma intensidade que utilizamos ao falar com a Mãe, porém, Ele espera de nós que façamos pedidos por nós e por todos os nossos irmãos, que como nós, sofrem do mesmo problema pelo qual pedimos uma solução.

 

Assim vemos que o Santo Cristo é o complemento de nosso Pai, e o Espírito Santo é o complemento de Nossa Mãe.


 

ALEGRA-TE MARIA

 

Alegra-te Maria, cheia de graça,
  O Senhor é convosco.

 

Bendita sois vós entre as mulheres
  e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus.

 

Santa Maria, Mãe de Deus,
Rogai por nós, filhos e filhas de Deus,
Agora e na hora da nossa vitória
Sobre o pecado, a doença  e a morte.

 

Amém


Paulo R. Simões
Ao utilizar nossos textos, indique sempre o web site -
www.eusouluz.com.br


Para ver outras formas do "Pai Nosso" - clique aqui