DICIONÁRIO ESOTÉRICO


 
PALAVRAS :

SIGNIFICADO :

Macrocosmo e Microcosmo

Grande Mundo; grande universo; o cosmo maior; toda a urdidura e trama da criação, que chamamos de ovo cósmico; usado também para diferenciar o homem como microcosmo, o pequeno mundo, em relação a tela de fundo do mundo maior, no qual ele vive; de acordo com Hermes Trismegistro, o microcosmo reflete o macrocosmo, sendo que o que esta em baixo é como o que esta em cima, assim como o corpo humano e suas células também refletem o macrocosmo e o microcosmo externo a ele; Tanto as células humanas como a Terra ou o sistema solar e as galáxias, são de forma oval.

 

Mãe

 Ver "Maria"

 

Magia

Movimentação da energia. Não é necessariamente nem bom nem mal. Existe magia branca e magia negra. A Magia é a Ciência da comunicação com os seres etéreos e astrais para obter o poder e o controle sobre os quatro corpos inferiores: Memória, Pensamento, Emoções e Desejos, Físico e Matéria.

A Magia faz parte do nosso dia a dia, toda vez que visualizamos algo e falamos o que queremos estamos fazendo a magia funcionar. "Somos Mágicos e não sabemos, pela palavra falamos o que queremos, mesmo não querendo, se falamos, queremos." E querendo e falando, produzimos a magia que fará com que anjos, caídos ou não, se utilizem desta energia para movimentar outras energias sejam elas físicas, emocionais, mentais, etéricas ou astrais.

 

Magia Branca

É a invocação de curas e iluminação divina, afirmações positivas, decretos e orações, mantras e rezas, que invocam o poder da luz divina para elevar as energias e as forças de suprimento. A magia Branca é a magia divina que esta livre de egoísmo, ânsia de poder, ambição, lucro e que tende unicamente a fazer o bem ao mundo em geral e ao próximo em particular.

Mesmo quando tentamos fazer o bem ao próximo, se estivermos agindo contra a vontade de Deus, não estaremos fazendo magia branca. Todos os chamados, invocações e pedidos, devem ser submetidos à vontade de Deus.

 

Magia Negra

É a feitiçaria, bruxaria, mal olhado, praga e etc. A magia negra funciona basicamente de duas maneiras. Como ilusão, quando o individuo é iludido em suas memórias, pensamentos e sentimentos a fazer o que em sã consciência não o faria. Como invocação de seres destrutivos do plano astral, que serve para tirar a vida de outros.

A magia negra é utilizada por seres egoístas e interessados em poderes alheios; A magia negra pode ser desde uma simples energia mal qualificada direcionada para outra pessoa ou contra si mesmo, até os piores rituais satânicos onde se oferecem crianças e animais como oferenda à entidades do mal. Criticas, condenação e julgamento, também são formas de magia negra.

 

Magnetismo

Designação comum às propriedades características dos campos e das substâncias magnéticas; Influência exercida por um indivíduo na vontade de outro(s);

Propriedade de atrair, de encantar, de seduzir; atratividade, fascinação, encantamento. Magnetismo animal. Procure a palavra "aura"

 

Mago

Sábio em astrologia e sacerdote da religião de Zoroastro, que pertencia a uma casta privilegiada. Por extensão, sábio que domina as ciências ocultas.  O mago não é necessariamente bom ou mal, é um  praticante de magia branca ou negra. 

 

O Maha Mantra
A palavra mantra vem do sânscrito, "man" que significa "mente" ou "pensamento" e "tra" significando "proteger" "socorrer".  Assim, a palavra  "mantra" quer dizer : proteger nossas mentes de maus pensamentos.

O mantra é um texto sagrado e ritmado que eleva os pensamentos fazendo da mente um "cálice sagrado" para receber a mente pura e elevada do nosso Eu Superior.  

A literatura védica antiga da Índia reconhece o mantra de Krishna como sendo o "maha" que significa "grande, riqueza, abundancia" ou "festa, felicidade"  – MAHA MANTRA.

Assim, o Hare Krishna é o "Grande" mantra da "Felicidade", ou seja: "O MANTRA PARA PROTEGER A MENTE CONTRA PENSAMENTOS DE INFELICIDADE".

Hare Krishna, Hare Krishna, Krishna Krishna, Hare Hare,
Hare Rama, Hare Rama, Rama Rama, Hare Hare.

Para conhecer nossa página de mantras - clique

 

Maha Chohan

 

É o Grande Senhor do oitavo raio, ele é o Mestre dos Senhores dos sete raios.

Um Mestre Ascenso detém o cargo de representante do Espírito Santo para a Terra. Ele é conhecido como o Maha Chohan. Maha significa “grande” em sânscrito. Chohan significa “Senhor” em tibetano. O Maha Chohan é a personificação da Terceira Pessoa da Trindade –  Pai, Filho, Espírito Santo e Mãe Divina.

O Maha Chohan é o representante e a encarnação do Espírito Santo. Isto não significa que ele seja o Espírito Santo, mas que ele, de todos os Mestres Ascensos, mais habilmente representa o Espírito Santo, conforme ingressamos na era de Aquário.

Ele encarna o aspecto do Espírito Santo que Deus deseja que a Terra tenha nesta época. Ele submeteu-se a grandes disciplinas para estar capacitado a atender as necessidades das pessoas pelo Espírito Santo neste ponto de virada da era. Ele mais perfeitamente encarna o Espírito Santo assim como Jesus mais perfeitamente encarna a chama crística e a pessoa do Filho de Deus, assim como Gautama mais perfeitamente encarna a semente do Buda e da mesma forma que Krishna encarna mais perfeitamente o Atman, ou centelha divina, que dá o potencial da vida eterna.

Uma razão pela qual Deus escolheu o Maha Chohan como representante do Espírito Santo é que todos os Mestres Ascensos sentiam que eram melhor representados por ele. Pensai nisto agora. Pensai em serdes escolhidos para este cargo. Ponderai quão notável é este ser que conhecemos como o Maha Chohan, que através do fogo sagrado do Espírito Santo poderia personificar cada preciosa chama dos números incontáveis de santos no céu que reúnem-se no trono do Cordeiro. Assim, através dele, temos acesso a cada uma das realizações espirituais individuais do Espírito Santo. Podeis pensar sobre o computador cósmico da Mente de Deus. Se precisarmos aumentar uma certa qualidade do nosso ser, vamos até o Maha Chohan e ele liberará esta qualidade para nós, conforme estivermos aptos.

O Maha Chohan não é o único Mestre Ascenso que tem o Espírito Santo, mas ele é o que nosso Deus Pai-Mãe ungiu para representar o Espírito Santo neste período da história da Terra. Assim, podeis ver  que há uma presença genérica, uma personificação genérica ou uma personificação impessoal do Espírito Santo por toda a Terra. Mas o ponto focal desta realização e suas disciplinas vêm deste Mestre Ascenso. Para qualificar-se ao cargo de representante do Espírito Santo, o Maha Chohan tornou-se um adepto em cada um dos sete raios 1 , o que rendeu ao seu Corpo Causal uma realização maior do que podemos imaginar.

O Espírito Santo atua como um prisma que refrata a luz branca do Cristo Universal nas sete cores dos raios. Cada um dos sete raios ativa a Luz de Deus numa cor e freqüência específicas. Cada raio também pode manifestar-se como uma chama da mesma cor e vibração. A aplicação da chama resulta numa ação específica do Espírito Santo.

Cada um dos sete raios (...) é personificado por um Mestre Ascenso(...), Instrutor no caminho da mestria pessoal num determinado raio 2  e que encarna, representa e estabelece o exemplo da ação do Espírito Santo naquele raio. Os Mestres que personificam estes raios são os Sete Senhores, ou Chohans. O Maha Chohan é o Grande Senhor que preside sobre eles e é o seu instrutor. Os Sete Chohans pela ordem dos raios, conforme sabeis, são El Morya, Senhor Lanto, Paulo o Veneziano, Serapis Bey, Hilarion, Mestra Nada e Saint Germain. Podeis ler sobre eles nos Senhores dos Sete Raios.

 

Mahabharata

Palavra em Sânscrito que significa " o grande caminho para ser mantido vivo"

Um dos dois grandes poemas épicos da índia antiga, o mais longo trabalho poético conhecido na literatura, consistindo em 220.000 linhas.

As massas de tradição e contos neste épico faz dele o tesouro nacional do qual bradadores, poetas, dramaturgos, e artistas, como de uma fonte inesgotável, tiram seus temas. Contém a história da família Bharatas além de vários ensinamentos ocultos, verdadeiramente místicos e belos, e alguns episódios menores realmente esplêndidos como o Bhagavad-Gita e Anugita.

A tradição faz Vyasa Deva -- um nome genérico de uma alta autoridade literária, usado ao menos por vários escritores arcaicos -- o autor deste poema grandioso.

 

Maitreya

O Mestre Ascenso que juntamente com Gautama, seguiu as disciplinas de Buda sob a direção de Sanat Kumara. O Senhor Maitreya ocupa o cargo de Cristo Cósmico e Buda Planetário. Nesse cargo, serve sob a direção do Senhor Gautama e dirige o cargo dos Instrutores Mundiais.

Maitreya, o Mestre Ascenso cujo nome significa "bondade", está cumprindo seu juramento de tutorar na Terra as almas que desejam trilhar o caminho do Bodhisattva. Ele, que vestiu o manto do Senhor Divino na Escola de Mistérios da Lemúria (Éden), veio em resposta ao chamado da Mãe Divina para salvar os Portadores de Luz.

Maitreya foi o segundo discípulo (após Gautama) a responder à chama de Sanat Kumara na Terra. Em 1o de janeiro de 1956, numa cerimônia realizada no Retiro de Royal Teton, Gautama sucedeu a Sanat Kumara no cargo de Senhor do Mundo e Maitreya sucedeu a Gautama nos cargos de Cristo Cósmico e Buda Planetário, passando o manto de Instrutor do Mundo aos candidatos a este cargo, Jesus Cristo e Kuthumi.

A Mestra Ascensa Portia definiu o cargo de Cristo Cósmico como sendo a incorporação do momentum conjunto da consciência crística de cada alma individual em evolução na Matéria, e o próprio Senhor Maitreya deu ao mundo uma explicação a esse respeito em seu ditado de 14 de novembro de 1973:

"Eu represento para vós o Pai quando vós estais no caminho rumo ao Cristo. Quando vós vos tornais o Cristo, eu represento para vós o Irmão em Cristo. Quando vós procurais elevar o raio feminino em vós, eu vos dou então o complemento a esse raio como o Espírito Santo. E quando vós manifestais o Espírito Santo, eu então apareço como a Noiva Vestida de Branco. E vedes assim que a mestria da consciência do Cristo Cósmico é a realização da mestria dos quatro pontos da Cidade Quadrangular e os quatro lados dos quatro corpos inferiores. Portanto, a marca da consciência do Cristo Cósmico e daquele que atinge esse patamar é tornar-se o tudo em todos".

 

Madalena

Madalena é a Chama Gêmea de Jesus. Ela teve sua ultima encarnação como Aimee Semple McPherson. Assim como Jesus, cumpriu sua missão e antes de Ascencionar à Deus, fundando uma forte Igreja, a Igreja Quadrangular. Ela nasceu em 1890 e fez sua Ascensão à Deus em 1944. A paz que Jesus deixou na terra, durou 2000 anos e só foi possível por que sua Chama Gêmea estava entre nós. Este período agora se foi, teremos de encontrar a paz através do pedido de intercessão divina na terra, pedindo a força do Arcanjo Miguel e seus anjos de Luz para a união dos Filhos da Luz e o julgamento dos anjos caídos que são a verdadeira ameaça à Paz da Terra.

 

Maná

Socorro e auxilio Divino; alimento que, segundo a bíblia, Deus mandou em forma de chuva, aos israelitas no deserto; suprimento recebido inesperadamente; MAN/ A, do inglês MAN, homem ou aquele que pensa, e A de Alfa, Deus, significando, manifestação de Deus na mente do homem, dando a condição para a manifestação e criação das coisas.

 

Mandala

Em sânscrito, uma combinação da palavra manda, que significa "essência," e la que significa "contêiner" ou "possuidor". Assim, mandala significa "UM Contêiner de Essência" ou "Esfera da Essência". Mandala também é uma palavra em sânscrito para "Círculo". 

Termo do tantrismo hinduísta e budista que designa diagrama simbólico, composto de círculos e quadrados concêntricos, utilizado em rituais sagrados e práticas de meditação. A esfera Sagrada: A União entre o Eu e o Universo. A  Mandala é um conceito espiritual importante para o  índio, chinês e o japonês e especialmente no Hinduísmo e  Budismo Tibetano.

Uma Perfeita Esfera Sagrada 
Um mágico, sagrado, e aperfeiçoado ambiente do Buda que denota a ordem e harmonia de uma mente iluminada que construiu sua perfeita sabedoria. O círculo purificado de um ser iluminado, um ambiente onde a infinita compaixão do iluminado é expressada. 

Uma Fonte de Poder Cósmico 
Um lugar onde os seres iluminados praticam rituais e iniciam seus seguidores. Também é chamado " círculo Sagrado que protege a mente ". 
Todo ser iluminado tem seu próprio ambiente ou mandala. Um Lugar onde o Microcosmo e o Macrocosmo se unem. Um lugar onde mundo interior invoca o Eu, e o mundo exterior, invoca o Universo. A mandala é um corpo que representa o universo inteiro. A união ou harmonia do Eu e do Universo, mundo interior e mundo exterior. 

Seu desenho utiliza o círculo, símbolo do Cosmo na sua totalidade, e o quadrado, símbolo da Terra ou do mundo construído pelo homem. São formas que representam a harmonia do Cosmo e a Energia Divina que durante milênios, foram usados ritualisticamente. São em essência, um veículo para a concentração da mente chegar a outros níveis de consciência. Sua pratica é um legado que vem do Oriente.

Meditar com Mandala permite que você se abra para a criatividade e facilita o desenvolvimento pessoal e espiritual. A Mandala pessoal vem a ser essencialmente o "espelho da alma", o código pessoal, a viagem interna, auto-conhecimento, busca do equilíbrio, integração com o Universo, experiência mística, representação do Eu, a história da vida. 

 

Manto

Grau de autoridade ou de responsabilidade dado pela divindade. O manto dá poderes para realizar a missão. Mesmo os Mestres Ascensos recebem seus mantos de seus superiores. Podemos invocar o manto dos Mestres para realizar tarefas espirituais, proteção e em todas as situações primordiais; Um manto  é uma rede ou  campo de força de luz, patrocinado por um mestre  Ascenso ou pela Grande Fraternidade Branca. Este manto é utilizado a níveis interiores. Ele contém fórmulas ou tipos de luz, que são chaves especiais de energia. É através dos mantos, que são dadas as bênçãos e os patrocínios. É também através dos mantos que o carma coletivo pode ser suportado.

 

Mantra

A palavra mantra vem do sânscrito, "man" que significa "mente" ou "pensamento" e "tra"significa "proteger" "socorrer".  Assim, mantra que quer dizer : proteger nossas mentes de maus pensamentos.

O mantra é uma formula ou invocação a que se atribui poder místico ou espiritual nas religiões hindu e budista; Palavra ou formula sagrada comumente em sânscrito, que é recitada ou entoada com a finalidade de intensificar a ação do Espírito de Deus no homem. É uma forma de reza que consiste em uma palavra ou grupo de palavras, entoadas repetidamente, a fim de magnetizar um determinado aspecto da divindade ou de um ser que realizou o aspecto da divindade.

O mantra essencial é a sílaba sagrada OM.


Manu

Palavra em sânscrito, cujo significado é progenitor e legislador das evoluções de Deus na terra. O Manu e seu complemento Divino, são as chamas gêmeas ascensas designadas pelo Deus Pai e Mãe para patrocinar e encarnar a imagem Cristica de determinada evolução ou onda de vida, conhecida como raça raiz.

 

Maria

Arqueia do Quinto raio e chama gêmea do Arcanjo Rafael; Mãe Maria, a Mãe do Mundo, a Mãe Natureza. Mãe de Jesus em varias vidas. Ela é o ser do plano etéreo mais visto na terra em razão do seu manto de mãe do mundo; "Mãe é a que materializa"; a grande intercessora dos filhos de Deus junto aos Senhores do Carma. 


Meditação

As raízes da palavra meditação remontam ao vocábulo melete do grego antigo, com o significado de cuidado, estudo, exercício. Suas raízes latinas ligam-se ao sentido de preparação e prática.

A palavra meditação se emprega para designar os processos intelectivos de reflexão. O contato mais íntimo dos ocidentais com as civilizações do Oriente, ocorrido sobretudo a partir do século XIX, ampliou o sentido da palavra, que passou a designar também a prática de disciplinas de ascese em que o indivíduo, em posição de repouso, prepara-se para alcançar um estado interior de silêncio ou atenção pura, desligando-se durante o exercício de todas as idéias, imagens e conceitos, mesmo os de natureza religiosa.

A partir da década de 1960 difundiu-se no Ocidente a prática da meditação transcendental, disciplina proposta pelo indiano Maharishi Mahesh Yogi para o autodesenvolvimento, o autoconhecimento e a liberação de tensões, a partir de métodos tradicionais desvinculados, no entanto, de proposta religiosa. A prática envolve a repetição mental de uma palavra indicada ao discípulo pelo mestre, chamada "mantra" em sânscrito.

A tradição cristã legitima o emprego de formas de oração que podem, apropriadamente, ser chamadas de meditação. A oração desvinculada de pensamentos, imagens e conceitos era recomendada por João Cassiano já no século IV e ainda mais enfaticamente pelo clássico medieval de espiritualidade. A nuvem do não saber, de autor anônimo do século XIV.

No século XX, o monge John Main integrou aos imperativos teológicos e pastorais do sacerdócio católico elementos de origem hinduísta e passou a difundir em todo o mundo sua proposta de meditação cristã, cuja essência é a repetição mental, em ambiente silencioso, de uma oração curta, formada de uma só frase ou mesmo de uma só palavra, com vistas a sentir a presença de Deus.

 

Médium

Medianeiro; canalizador; aquele que serve de intermediário entre o mundo dos espíritos e o mundo material; pessoa susceptível à presença dos espíritos do plano astral, o plano dos mortos e desencarnados, sensitivo. Qualquer pessoa pode se tornar um médium, desde que procure comunicar-se com os mortos no plano astral. 

 

Mediunidade

Canalização; Psiquismo; Faculdade sensitiva dos médiuns. A mediunidade ativa e latente é encontrada em pessoas que nesta ou em vidas passadas, mantiveram forte contato com espíritos de mortos no plano astral.

A busca da comunicação com o plano dos mortos, traz a perda do ectoplasma, que é a proteção natural do ser encarnado para libertá-lo do contato com o plano dos mortos.

De acordo com os Mestres Ascensos, uma pessoa que se envolve com as energias mediúnicas, ou fenômenos mediúnicos, trabalha no plano mais baixo do astral. Assim, com  fortes  laços estabelecidos com as entidades das oitavas mais baixas do astral,  adia-se o dia do verdadeiro desenvolvimento espiritual  na união com mente divina.

De maneira oposta à mediunidade, o individuo pode construir uma união com Deus e buscando diretamente das oitavas de luz, no plano etéreo (mundo do céu), buscar benefício espiritual para sua alma, viajando em seu corpo etéreo, aos retiros dos Mestres Ascensos da Grande Fraternidade Branca e para as cidades e templos de Luz localizados neste elevado plano.

A verdadeira mestria divina espiritual não é medida por clarividência nem por fenômenos mediúnicos mas sim, pelo controle-divino dos fogos sagrados do coração e colocando os ensinamentos em prática no caminho de Amor.

 

Mensageiro

O grande Mensageiro de Deus é o amado Arcanjo Gabriel, foi ele quem anunciou a vinda de Jesus Cristo à Maria; todos os anjos e arcanjos são acima de tudo mensageiros Divinos; aquele enviado em missão; um mensageiro é aquele que é treinado por um Mestre Ascenso para receber e transmitir, através de vários métodos, as palavras, conceitos, ensinamentos e mensagens da Grande Fraternidade Branca; aquele que transmite a lei, as profecias e as graças de Deus a um povo e a uma era; o enviado, aquele que vai antes, enviado por um Mestre superior para preparar o caminho.

 

Mestre

Homem superior e de muito saber; aquele que ensina; guru.

 

Mestre Ascenso

Aquele que através do Cristo e ao revestir-se naquela mente que estava em Cristo Jesus, dominou o tempo e o espaço, e neste processo adquiriu o controle da personalidade dos quatro corpos inferiores, (o corpo da memória, da mente, dos desejos e do físico), nos 4 quadrantes da matéria, nos chakras e na chama trina equilibrada.

Um Mestre Ascenso também transmutou pelo menos 51% do seu carma, cumpriu com seu plano divino e recebeu as iniciações do raio rubi para o ritual da ascensão – aceleração pelo fogo sagrado até a Presença do Eu Sou. Um Mestre Ascenso é aquele que habita os planos do Espírito, o reino de Deus, e pode ensinar  as almas que ainda não alcançaram a ascensão num retiro etéreo.

 

Metafísica

Divisão da filosofia que se ocupa de tudo o que transcende o mundo físico ou natural. Cultivada desde Aristóteles e, com especial interesse, pela escolástica medieval.

 

Metatron

Metatron (também escrito como: Metraton ou Metator) é o nome de um anjo no judaísmo e em alguns ramos do cristianismo.

No entanto, não há nenhuma referência a ele no Tora Judeu (Velho Testamento) ou nas Escrituras cristãs (Novo Testamento) e não há nenhum consenso como a sua gênesis ou para o papel dele na hierarquia do Céu ou do Inferno. De acordo com uma escola do pensamento, Enoch foi tomado por Deus e transformado em Metatron. No entanto, este ponto de vista não é compartilhado por muitas autoridades Talmudicas.  O Zohar identifica Metatron como o anjo que dirigiu as pessoas de Israel pelo deserto depois de seu êxodo de Egito. 

É preciso porém saber diferenciar Metatron do Judaísmo, com o do "Comando Estelar Metatron",  que é considerado  canalização astral e nada tem a ver com o anjo descrito aqui. Sendo altamente negativo assim como temos falsos ditados do arcanjo Miguel existem muitos, muitos outros falsos ditados na Internet como Metatron, Sananda, Ashtar Sheran,  e outras criações nefelins.

 

Miguel

 

São Miguel, o Arcanjo do primeiro raio de Deus, o raio da Proteção, da Perfeição e da Vontade de Deus, este é o Príncipe dos Arcanjos, Anjo da Libertação, Defensor da Fé dos Filhos e Filhas de Deus, Guardião das Doze Tribos de Israel, Protetor da relação Guru-chela. Na hierarquia celestial ela desempenha o papel de protagonista que lidera os exércitos de Luz contra os espíritos rebeldes.

O Arcanjo Miguel aparece novamente no livro de Daniel, na profecia da Grande Tribulação (O Tempo do Fim): "Nesse tempo se levantará Miguel, o grande príncipe, o defensor dos filhos do teu povo, e haverá tempo de angústia, qual nunca houve desde que houve nação até aquele tempo; mas naquele tempo será salvo o teu povo, todo aquele que for achado inscrito no livro." (Dan. 12:1)

 

Momentum

O momentum é o desenvolvimento de um padrão de comportamento. O momentum esta intimamente relacionado ao habito. No momentum o pensamento é dominado e treinado. Repetido. O ímpeto de algo em movimento. A força que mantém o crescimento, o momentum cria força própria. O momentum é a energia do habito em ação, empurrando o ser que o criou na mesma direção.

 

Monada

Espírito, o nosso Eu Superior, divino

 

Monge

Do grego monachós (solitário) são conhecidos como eremitas, anacoretas ou monges; membro de uma comunidade de homens que levam vida contemplativa em um mosteiro, retirados do mundo, tendo emitido votos religiosos de pobreza, castidade, obediência e observando as regras da ordem a que pertencem; as monjas eram mulheres do Egito, Peru e Roma antiga, que eram esposas (virgens) dos seus respectivos Deuses.

 

Monte Shasta
 

Em 1930, Saint Germain apareceu à Guy W. Ballard, aos pés do monte Shasta na Califórnia, dando-lhe a dispensação da Chama Violeta para o planeta Terra. O monte Shasta, na Califórnia, é o principal foco de irradiação da Chama Violeta do Mestre Saint Germain para a Terra, um vulcão extinto há 14.000 pés de altitude que fica no meio de uma reserva florestal onde antigamente era uma reserva indígena, com muitos animais selvagens e enormes pinheiros. Parte da montanha fica coberta por gelo permanente devido à sua altura, alguns estudiosos dizem que estas geleiras são Portais para outras dimensões. Seres de muita Luz e de dimensões diferentes ali convivem irradiando Amor e Luz para a Terra, principalmente os Guardiões da Chama Violeta e Seres Interplanetários e Interdimensionais.

Líderes espirituais de várias partes do mundo são atraídos para este local sagrado para se reabastecer, muitos nem mesmo sabem a extensão da energia de manifestação deste Foco Sagrado de Luz. A cidade de Shasta vive em função das mudanças diárias da montanha que ora se esconde entre nuvens, ora apresenta formas no céu em interessantes colorações e formações de nuvens. Muitas pessoas moradoras da cidade e visitantes já tiveram experiências transcendentais enquanto subiam a montanha tendo inclusive algumas visões do Mestre Saint Germain e de outros Seres de Luz.

 

Morador do Umbral

Termo usado para designar o anti-eu, o falso eu, o eu sintético, a antítese do Eu Verdadeiro; o conglomerado do ego auto-gerado, criado através do uso incorreto do livre arbítrio. É formado pela mente carnal e por uma constelação de energias mal qualificadas, campo de força, foco e magnetismo animal que compõe a mente subconsciente. O morador do umbral é o núcleo do vortex de energia que forma o cinto eletrônico, contém a causa, efeito, registro e memória, do carma humano negativo.

 

Mortos vivos

Pessoas "sem alma" melhor que almas perdidas; um termo usado inicialmente por Pitágoras.

 

Morya El

Confira o nome El Morya.

 

Mudra

Os Mudras são posturas feitas com as Mãos usadas na Ioga, na dança, na medicina indiana e acompanhando entoação de mantras, para despertar e harmonizar os centros energéticos do corpo. Cheios de simbologia e graça, esses gestos podem ser praticados à qualquer hora, trazendo calma e concentração para sua rotina.


VOLTAR